Blog do Lalo


MÚSICA - Almir Côrtes

A MÚSICA DO DIA

Almir Côrtes Barreto nasceu em 01/03/1979 em Santo Antônio de Jesus (BA). É instrumentista, arranjador, compositor e musicólogo, e começou a tocar por volta dos 12 anos, quando aprendia músicas ao violão com seus tios e nos livros que traziam canções cifradas. Após essa fase dedicou-se à guitarra elétrica, interessando-se pelo rock nacional e internacional. Em 1998 passou no vestibular em música e mudou-se para Salvador, para estudar violão clássico na Universidade Federal da Bahia-UFBA. Hoje você vê uma apresentação de Almir Côrtes no International Center, na Indiana University, em Bloomington (USA) em que tocou "Lamentos do Morro", de autoria do grande compositor Garoto:


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

HUMOR - Garota de programa

Um casal resolve hospedar-se no Sheraton Hotel, em Belo Horizonte. Quando estavam no balcão passa uma loiraça maravilhosa.

A mulher comenta com o marido: "Zé, que mulherão! Será que é alguma artista?"

O marido responde: "Qui nada, sô, é muié de programa!"

A mulher retruca: "Não pode ser."

Zé Mineirinho: "Si ocê quizé vô lá conversá cum ela. E ocê fica perto pra ouvi o que falamos."

Mulher: "Tá bem."

O marido chega no bar ao lado da loira e pergunta se pode oferecer uma bebida. A loira topa. Depois começa um papo e Zé Mineirinho: "Uai, loirona, tá a fim de um programa?"

A loira: "Se você tá disponível..."

Ele pergunta: "Quanto ocê cobra?"

Ela responde: "$500,00"

Ele: "Uai, sô, é caro... num dá pra fazê por $100,00?"

Ela: "$100? Não paga nem meu cabeleireiro e a maquiagem!"

Eles se afastam e a esposa do Zé percebe que o marido tinha razão. No dia seguinte, ao tomarem o elevador para o café da manhã eles dão de cara com a loiraça. Ela olha a esposa do Zé de cima abaixo e diz para ele:

-"Viu só no que dá pechinchar?"

ATUALIDADES - E por falar em água..

PSDB lança “Meu Banho, Minha Vida”! - Por Altamiro Borges, no Blog do Miro

O irreverente José Simão, um dos poucos colunistas que ainda merece ser lido na Folha tucana, publicou mais uma pérola nesta quarta-feira (22). Segundo ironiza, o governo deverá lançar em breve o programa “Meu Banho, Minha Vida!” para enfrentar a grave crise de água que tortura os paulistas em decorrência do “choque de indigestão” do PSDB. Outro programa que está em discussão é o “Balde Família”, que visa armazenar este líquido precioso para os dias piores que virão. “O Alckmin vai lançar o Balde Família: toda família terá direito a um balde vazio! Rarará!”.

Deixando de lado as piadas, o cenário em São Paulo é cada dia mais dramático. Segundo pesquisa Datafolha, os cortes de água se generalizaram pela capital paulista: 60% dos entrevistados relataram ter sofrido ao menos um caso nos últimos 30 dias. Nas pesquisas anteriores, em junho e agosto, os índices foram de 35% e 46%. “O levantamento mostra também que os paulistanos estão pessimistas em relação ao futuro: 88% deles creem que a metrópole corre grande risco de ficar longos períodos sem água nos próximos meses”, relata o editorial da Folha desta quarta-feira.

O temor é tão real que 66% dos entrevistados já cogitam recorrer à estocagem da água. “Essa iniciativa traz alguns perigos. O armazenamento inadequado – por exemplo, em recipientes não esterilizados –, pode levar à contaminação da água por bactérias, ocasionando prejuízo à saúde dos que vierem a consumi-la. Mais grave, com a proximidade do verão, estação em que costuma se verificar aumento do número de casos de dengue, os reservatórios em casas e apartamentos podem servir de nascedouro para o mosquito transmissor da doença”, alerta o jornal.

Mas o governador Geraldo Alckmin, que foi reeleito graças também à cumplicidade da mídia tucana – que escondeu a grave crise da água –, ainda permanece inerte. Ele “tem sido evasivo em relação à segurança hídrica”, segundo a Folha, que adora “tucanar” a desgraceira. Na verdade, Alckmin protela o enfrentamento do problema para beneficiar Aécio Neves, o cambaleante presidenciável do PSDB. Tudo é feito com base em cálculos eleitoreiros! Passado o segundo turno, os programas “Balde Família” e “Meu Banho, Minha Vida” até poderão ser implantados!

 Canhão de água em crise hídrica – Tutty Vasques

A última notícia que tivemos deles foi, salvo engano, que não chegariam a São Paulo a tempo de zelar pela segurança da Copa do Mundo. Não sei se o atraso prolongado até hoje dá motivos para o governo suspender o negócio, mas imagina a maluquice se, no auge da crise hídrica que começa a gerar protestos na cidade, a PM receber os quatro blindados com canhões de água que comprou para dispersar multidões descontroladas!

 Não bastasse o surrealismo de se combater com muita água manifestações contra a falta d’água, o novo armamento israelense adquirido em abril correrá sério risco de ficar sem munição após os primeiros jatos disparados a 60 metros de distância em situações de desordem pública.

 Imagina o mico da Tropa de Choque vendo o jorro virar esguicho por falta do precioso líquido no arsenal da PM. As autoridades competentes têm duas alternativas: ou cancelam de imediato a compra ou pedem ao fabricante que adiem a entrega. Sine die.


ELEIÇÕES 2014

"Laranja" de Yousseff afirma que doleiro ‘trabalhava para o PSDB’ - Fausto Macedo e Ricardo Brandt

Leonardo Meirelles foi interrogado como réu em uma das ações penais da Operação Lava Jato – investigação sobre esquema de lavagem de dinheiro que pode ter alcançado R$ 10 bilhões. Disse ainda que outros políticos do PSDB foram beneficiados com o esquema de propina em contratos da Petrobras. Impedido pelo juiz Sérgio Moro de citar nomes de parlamentares – uma vez que o processo ocorre na primeira instância e senadores e deputados só podem ser investigados pelo STF – Meirelles deu uma dica: um dos parlamentares do PSDB é da mesma região do doleiro, que nasceu em Londrina, no Paraná.

O nome de Sérgio Guerra – morto em março de 2014, vítima de câncer – surgiu pela primeira vez na Lava Jato na delação premiada do ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa. Segundo Costa, em 2009 o então senador e presidente nacional do PSDB o procurou para pedir propina em troca do esvaziamento da CPI da Petrobrás, no Senado, aberta em julho daquele ano. Sérgio Guerra integrava o bloco de oposição na CPI. O ex-diretor da estatal petrolífera afirmou que a empreiteira Queiroz Galvão pagou R$ 10 milhões para Guerra. ***********************************

Talvez seja por isso que a Justiça do Paraná decidiu transferir os depoimentos do doleiro Alberto Youssef para depois das eleições, né não? Mera coincidência...

*******************************************

Desarranjo na Bovespa – Tutty Vasques

Dilma sobe nas pesquisas e deixa mercado financeiro com o aparelho excretor na mão.

Minas 247 – O Ministério Público Federal em Minas Gerais decidiu investigar se o ex-governador Aécio Neves (PSDB) cometeu improbidade administrativa ao utilizar R$ 14 milhões de recursos públicos para construir um aeroporto no município de Cláudio, interior do estado. O aeródromo foi feito em uma área desapropriada que pertencia ao seu tio-avô. Segundo denúncia da Folha de S. Paulo, as chaves ficavam em poder dos familiares do tucano na região, que davam autorização para seu uso. O hoje candidato à presidência nega qualquer irregularidade e defende que a obra beneficiou a população mineira.

A parte criminal de uma representação apresentada pelo PT contra Aécio foi arquivada no início do mês pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Ele enviou o restante da representação, no entanto, para Minas Gerais, a fim de que fosse investigado se houve crime de improbidade administrativa.

Aécio Neves defendendo com unhas e dentes o corrupto Demóstenes Torres, em plena tribuna do Senado...

Cabe o velho ditado:

DIZE-ME COM QUEM ANDAS, E DIR-TE-EI QUEM TU ÉS...



Escrito por Lalo às 20h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Aldy Carvalho

A MÚSICA DO DIA

O poeta e cantador pernambucano Aldy Carvalho, filho de Petrolina (Pernambuco), costuma carregar na ponta da língua o bordão: “saí do sertão, mas o sertão não saiu de mim’’. Desde que rumou para São Paulo, no final nos anos 80, fez um pacto para melhorar de vida e realizar seus sonhos através da arte, sem perder as raízes com o universo sertanejo e com as águas do rio São Francisco, onde pescou e se banhou bastante na infância. Quando debandou com a família, sabia que teria uma rotina bem diferente da tranquilidade que vivia. Passados mais de 20 anos, o artista mantém sua agenda de show lá e cá, deixando sempre forte o elo com a terra natal. Hoje você vê Aldy Carvalho cantando "Sina de Cantador", de sua própria autoria, com a participação de Ba (violino), Arthur Carvalho (triângulo), Fioravante (acordeon), Walter Poli (zabumba) e Tony Marshal (violão):

 


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

ATUALIDADES - E por falar em água...

A mídia familiar é assim, depois que os paulistas elegeram Alckmin no primeiro turno, aparece a 'CRISE DA ÁGUA', mas agora é tarde. Você vota em Aécio Neves, porque ele diz que vai melhorar a vida do povo brasileiro e depois você descobre que ele não vai, mas aí já será muito tarde e você passará quatro anos sofrendo. Vote em Dilma Rousseff e tenha o governo ao seu lado. (blog do APOSENTADO INVOCADO)

******************************

Aécio promete acabar com a água em todo o Brasil

"Prometo levar o engarrafamento para cada rincão desse Brasilzão", anunciou Aécio

CANTAREIRA - Vestindo duas boias de braço do Mickey, o candidato Aécio Neves abraçou os afluentes José Serra e Geraldo Alckmin para desaguar novas promessas: "Alckmin foi reeleito em primeiro turno no maior colégio eleitoral do Brasil. Isso aponta os caminhos para captar as demandas submersas nos corações dos brasileiros", discursou, com olhos marejados. Em seguida, saltou de bombinha no Tietê.

"Se eleito, prometo estender as conquistas de Alckmin para todo o país", disse, enquanto pedia para a Policia baixar o cacete em um cardume de girinos que cruzou seu caminho. "No meu governo, todo brasileiro, independente de sua origem ou classe social, experimentará os benefícios da falta d'água", concluiu.

Em seguida, Aécio deu um caldo em José Serra e afirmou: "Vamos afundar todas as Universidades nos moldes do que foi feito com a USP".

CRÔNICA - Fila (Fábio Porchat)

Talvez uma das coisas que melhor simbolize o povo de um país seja a fila. A fila, é um meio organizado e democrático das coisas acontecerem de forma pacífica. Sem a "invenção" da fila, seria um deus nos acuda, um salve-se quem puder. Eu fico imaginando que tipo de confusão estava armada, para um ser humano ter berrado pro alto: gente, por favor, vamos fazer uma linha reta aqui com as pessoas que chegaram primeiro!

No Brasil, sabemos todos, as filas não crescem, elas engordam. Nós aqui furamos fila e é isso. Foi institucionalizado que o brasileiro é um povo que não tá nem aí pro próximo e vai passar na sua frente na cara dura sem nem tentar inventar uma desculpa.

O problema é que, para uma pequena parcela da população, e eu me incluo nela, a fila vale sim! E ver algum espertalhão passar na minha frente me gera um tipo de raiva que, eu tenho certeza, é igual a raiva que sentimos quando o Bolsonaro é eleito. Sabe isso? Quando você se pega falando sozinho: pera aí, mas não é possível que isso esteja acontecendo.

Furar fila tinha que ser pecado na Bíblia. No antigo testamento, inclusive, que era pra já valer pras três religiões. Eu prefiro um céu onde tenham pessoas que não tenham ido a missa todo domingo, do que um céu de pessoas que passam na frente das outras porque simplesmente é assim que é. E para justificar a malandragem, vale de tudo.

As pessoas criam suas próprias lógicas para se perdoarem de fazer errado. A pessoa não sabia onde terminava a fila, então ela furou. A pessoa não sabia que tinha fila, quando descobriu já tinha furado, então deixa. A pessoa cria uma fila paralela, porque afinal de contas, é uma fila. Uma outra, muito menor do que as outras pessoas estavam, uma fila que só existe na sua cabeça, mas é uma fila.

A fila única, ao meu ver um aprimoramento da fila, essa então, não é compreendida mesmo. Porque os brasileiros querem se dar bem. Qual é a graça de ficar numa fila que tá todo mundo? O legal é pegar uma fila e ver que você foi atendido primeiro que o trouxa da outra fila. E, as vezes, a própria fila se rebela e cria uma fila dissidente.

Muitas vezes porque se sente injustiçada com os furões. Quer dizer, a pessoa resolve prejudicar quem está corretamente na fila por causa de um idiota. Não seria mais coerente prejudicar o idiota? Porque agindo assim, você, que estava certo, virou um idiota igual. Um amigo me falou: "ah, mas essa é a cultura do Brasil, é assim mesmo". Entendi, a cultura no Brasil é ser babaca agora? E, se você que está lendo isso e pensando: "eu não sou essa pessoa. Eu nunca faria uma coisa dessas".

Pense de novo. Pois é impressionante como nenhum de nós nunca somos essas pessoas. Nunca ninguém furou fila, andou pelo acostamento, subornou o guarda, parou na ciclovia, parou na vaga de deficiente... É incrível como nós sempre somos maravilhosos e os outros são sempre "brasileiros".

 

ELEIÇÕES 2014

Aécio Neves desistiu de anunciar, conforme havia prometido, os nomes do seu ministério antes de as urnas se abrirem. Mas alguns são dados como certos por quem conversa com ele:Antonio Anastasia ocuparia um superministério da Infraestrutura, que reuniria as atuais pastas da Cidade, Transportes, Portos, Integração Nacional e Minas e Energia. Bernardinho iria para os Esportes. José Serra vai para o governo, provavelmente para o Itamaraty. Armínio Fraga, que todo mundo sabe para onde irá se Aécio for eleito, claro, esteve em Nova York na quinta-feira, 16, com a cúpula do J.P. Morgan tratando de sua saída da Gávea Investimentos, controlada pelo banco americano.

Por Lauro Jardim, Revista Veja

 Dilma arrasou Aécio no debate com frases de efeito cortante. Igual ao debate na Band venceu em TODAS as perguntas. Mesmo nos momentos em que Aécio parecia que ia se dar melhor, Dilma o superou na tréplica.
Aécio caiu na bobagem de fazer uma pergunta sobre saúde. Ah, se arrependimento matasse... Levantou a bola para Dilma voltar ao tema de Aécio ter desviado verbas para outras coisas que deveriam ser aplicadas na saúde quando governou Minas Gerais. Mas dessa vez, Dilma não se limitou a argumentos técnicos. Depois de citar a ação do Ministério Público sobre o caso, leu uma frase de um Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de MG: “É duro engolir que vacina para cavalo seja contabilizada como gasto em saúde.”
Uma linguagem que todo mundo entende. Nada contra vacinar os animais, mas convenhamos que é verba da Secretaria de Agricultura e Pecuária.
Agora a pergunta que não quer calar: o cavalo da família, em Cláudio, também está incluído aí nestas paradas? Dá para Aécio responder ou tá difícil, igual ao dinheiro público que foi para as rádios da família?

A decisão do TSE de proibir menções ao aeroporto de Cláudio me lembrou uma das melhores frases de Machado de Assis: “O maior pecado depois do pecado é a publicação do pecado”, escreveu Machado.

Quer dizer: o problema, sob a estranha lógica do TSE, não é a existência de um aeroporto de uso privado construído com dinheiro público no governo Aécio em Minas. O problema é falar nele. É uma pancada na democracia. Não basta a mídia não cobrir o assunto, em seu esforço épico para eleger Aécio. Agora, também na propaganda eleitoral o caso não pode ser explorado.

Quem acredita na explicação do TSE, como dizia Wellington, acredita em tudo. A campanha tem que ser propositiva, esta a alegação. É uma bobagem que vem envolta em pretensos ares civilizatórios.

O real objetivo das campanhas é permitir que os eleitores conheçam os candidatos. Num mundo menos imperfeito, isso seria feito pela mídia. Mas não é o que acontece. Quando a mídia informou à sociedade sobre as rádios de Aécio – um palanque permanente e indecente?

Quando a mídia contou que aos 25 anos Aécio, o Senhor Meritocracia, ganhou o cargo de diretor da Caixa Econômica Federal? Quando a mídia noticiou que aos 17 anos Aécio tinha um emprego público em que deveria estar em Brasília no mesmo momento em que estudava no Rio? Nunca.

O TSE exorbitou. Caso algum candidato se sinta vítima de calúnia no programa eleitoral, que recorra à Justiça.

Aécio ao longo de toda a vida foi protegido. Em Minas, a mídia foi sempre controlada, por meio de publicidade, para não publicar coisas ruins sobre ele. Jornalistas locais disseram que já sabiam faz tempo do aeroporto de Cláudio, mas eram impedidos de escrever sobre o assunto. Democracia? Liberdade de expressão? Transparência? Meritocracia?

Quer dizer: justo quando os brasileiros podem conhecer um contendor para a presidência, o TSE ajuda na blindagem. É um gesto simplesmente indefensável. Se falar em Cláudio não é “propositivo”, falar na Petrobras é?

Desde que vi os togados do STF na televisão no julgamento do Mensalão, perdi todas as expectativas sobre a Justiça nacional. Mas, ainda assim, pela mão do TSE, ela conseguiu se superar em obtusidade nesta decisão.

Sobre o Autor

O jornalista Paulo Nogueira é fundador e diretor editorial do site de notícias e análises Diário do Centro do Mundo.

Argumentação bem embasada e programática dos que votam em Aécio Never:

Pelo jeito esse pessoal fumou (ou, apoiando a quem apóiam, CHEIROU???) orégano estragado, né não???



Escrito por Lalo às 15h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Lysia Condé

A MÚSICA DO DIA

Lysia Condé nasceu em Rio Pomba, interior de Minas Gerais, em 1973, e desenvolveu desde criança seu gosto pelo canto. No convívio do ambiente familiar foi iniciada a um rico repertório entoado pelos seus pais e familiares nas frequentes reuniões promovidas em sua casa. No mesmo ambiente, cresceu apreciando a poesia e sonoridade dos artistas que projetaram a música de Minas Gerais para o mundo, como o Clube da Esquina. A mudança para Natal (RN), no ano de 2007, lhe possibilitou frequentar o curso básico de canto da Escola de Música da UFRN, e a partir de 2010 decide profissionalizar-se. Seu repertório abrange vários gêneros do universo musical brasileiro, como modinhas, sambas, choros, buscando integrar releituras de clássicos de nosso cancioneiro popular a interpretações de compositores da atualidade. Figuram entre os compositores por ela interpretados, Villa Lobos, Pixinguinha e Jacob do Bandolim, bem como vários expoentes da nova geração. Hoje você vê Lysia Condé cantando "FLOR AMOROSA" (Joaquim Callado e Catullo da Paixão Cearense), com a participação de Sérgio Farias e Jow Ferreira (violões), Airton Guimarães (baixo acústico), Carlos Zens (flauta transversa), Fernando Suassuna (bateria) e Ramon Gabriel (percussão):


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

HUMOR - O padre e a pecadora

- Padre, perdoa-me porque pequei (voz feminina).

- Diz-me filha, quais são os teus pecados?

- Padre, o demónio da tentação se apoderou de mim, pobre pecadora!

- Como é isso filha?

- É que, quando falo com um homem, tenho sensações no corpo que não saberia descrever.

- Filha, apesar de padre eu também sou um homem.

- Sim Padre, por isso vim confessar-me .

- Bem filha, como são essas sensações?

- Não sei bem como explicá-las, neste momento o meu corpo se recusa a ficar de joelhos e necessito ficar mais à vontade.

- Sério?

- Sim, desejo relaxar! O melhor seria deitar-me...

- Filha, deitada como?

- De costas para o piso até que passe a tensão...

- E que mais?

- É como um sofrimento para o qual não encontro palavras.

- Continue minha filha.

- Talvez um pouco de calor me alivie!

- Calor?

- Calor Padre, calor humano que leve alívio ao meu padecer.

- E com que frequência é essa tentação?

- Permanente, Padre! Por exemplo neste momento imagino que as suas mãos massageando a minha pele me dariam muito alívio!

- Filha!

- Sim Padre, me perdoa mas sinto necessidade que alguém forte me estreite em seus braços e me dê o alívio que necessito.

- Por exemplo eu?

- Sim Padre, você é a categoria de homem que imagino poder aliviar-me.

- Perdoa-me minha filha, mas preciso saber a tua idade.

 

- Setenta e quatro, Padre!

- Filha, vai em paz que o teu problema é reumatismo!...

 ELEIÇÕES 2014 - Dados de TCE de Minas somem de site

Coronel Telhada será Ministro da Cultura de Aécio Neves

"A gente não quer só coxinha. A gente quer coxinha, diversão e arte", cantarolou Andrea Matarazzo

TEATRO DO OPRIMIDO - Após organizarem um ato pró-Aécio Neves, artistas consagrados como Andrea Matarazzo e Floriano Pesaro indicaram o multifacetado Coronel Telhada para assumir a pasta da Cultura em um eventual governo tucano. "Prometo moralizar o cinema nacional. Chega de Wagner Moura e Selton Mello. Promoverei incentivos para importarmos atores no calibre de Steven Seagal, Chuck Norris e Charles Bronson", elucidou, enquanto apontava Sargento Pincel como seu assessor direto. "Também pretendo acabar com essa pederastia chamada teatro", completou.

O ator Fulvio Stefanini, que também integrará a pasta, ressaltou a necessidade de promover intercâmbios culturais. "Todos os dias vejo gente querendo se mudar pra Miami. O governo tem que estar atento a demandas como essas. Temos que patrocinar turnês de artistas como Lobão, Roger e Zezé di Camargo para acabar com esse monopólio ideológico em que somente comunistas como Chico Buarque e Gilberto Gil podem fazer sucesso no exterior."

Animado com a repercussão de seu sorriso branco nas principais revistas semanais do país, Aécio antecipou mais dois nomes que irão compor seu governo: "Dado Dolabella será secretário de Políticas para as Mulheres e Alexandre Frota será ministro das Relações Exteriores", anunciou, sorridente.

 COMPORTAMENTO - Red Bull pagará US$ 13 milhões a clientes 'que não ganharam asas'

O famoso slogan "Red Bull te dá asas" nunca custou tão caro à empresa. Ele foi usado por mais de duas décadas nas campanhas da marca de bebidas energéticas. Mas agora custará 13 milhões de dólares. A empresa topou pagar a quantia para encerrar uma ação coletiva nos EUA que a acusava de propaganda enganosa. Afinal, ninguém "ganhou asas".

Em uma nota oficial, a Red Bull disse que aceitou pagar o dinheiro para evitar os custos do litígio. Os 13 milhões serão distribuídos entre milhões de consumidores. Com o acordo, os clientes que compraram a bebida nos últimos dez anos poderão escolher entre ser reembolsados em dez dólares ou receber um voucher de 15 dólares para gastarem com produtos Red Bull.

O criador da ação - à qual se juntaram outros clientes posteriormente - é o americano Benjamin Careathers. Ela foi criada em 16 de janeiro de 2013, em uma corte distrital de Nova York. Ele alegou consumir a bebida desde 2002, sem perceber resultados em seu desempenho. Disse que a empresa enganou os consumidores ao falar "Red Bull te dá asas" e ao dizer que a bebida aumenta a velocidade e capacidade de reação e concentração.

A marca deixou claro que "desistir" de lutar contra a ação não significa que concorda que praticou propaganda enganosa, mas sim que quer evitar mais custos. "Defendemos que nossos comerciais e embalagens sempre foram verdadeiros e precisos. Negamos toda e qualquer irregularidade ou responsabilidade". Veja alguns dos famosos comerciais da Red Bull:



Escrito por Lalo às 19h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Ed Motta

A MÚSICA DO DIA

Ed Motta mostra toda a sua veia jazzística na interpretação da música 'Fora da Lei', de sua autoria em parceria com Rita Lee:

Mais de Ed Motta em nosso blog:

- em 09/11/2012 - com a Jazz Sinfônica, cantando 'Manuel'.

- em 07/08/2010 - divulgando seu último CD, 'Piquenique'.

- em 27/05/2010 - com Marisa Monte, cantando 'These Are The Songs'.

- em 16/05/2010 - com Miltinho e Rildo Hora, em 'Meu Nome é de Ninguém'.

- em 02/10/2009 (em www.lalokohout.zip.net) - cantando 'Colombina'. 


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

ELEIÇÕES 2014

Um dos pontos exaltados pelo candidato Aécio Neves (PSDB) em sua campanha é o "Choque de Gestão" realizado em seu período como governador de Minas Gerais. Porém, segundo a Folha de S. Paulo, os resultados apresentados são declinantes nas contas do Estado. Quando os tucanos assumiram o Estado, as contas mineiras estouravam os limites fixados pela Lei de Responsabilidade Fiscal. A saída foi conter despesas e tornar mais eficiente a arrecadação do ICMS, principal imposto cobrado pelos Estados. O governo também elevou alíquotas do IPVA, introduziu um novo modelo de cobrança do imposto sobre doações e heranças e criou ou aumentou algumas taxas.

A Folha fez um levantamento e comparou os principais indicadores fiscais de Minas Gerais e das demais unidades da Federação entre 2002, quando o tucano venceu pela primeira vez as eleições mineiras, e 2013: Os dados de arrecadação, despesas com pessoal, investimentos e endividamento mostram que, a partir do segundo mandato de Aécio, o desempenho é semelhante -- e, em alguns casos, inferior -- à média nacional. O "Choque de Gestão" eliminou as deficiências mais urgentes herdadas em Minas, mas não superou obstáculos generalizados entre Estados. Em 2013, o governo de Antonio Anastasia (PSDB), sucessor de Aécio, não obteve receitas suficientes para cobrir todas as despesas e obras públicas. Foi o primeiro deficit em uma década.

De lá para cá, os progressos foram modestos. O endividamento do Estado, só inferior ao do Rio Grande do Sul, fechou o ano passado em 183% da receita; a arrecadação tributária, nos últimos sete anos, cresceu abaixo da média de todos os Estados. Com encargos elevados de juros e amortizações, diminuiu o espaço no Orçamento para as obras e outros investimentos destinados a estimular o crescimento econômico. No ano passado, na gestão de seu aliado e senador eleito Anastasia, foram desembolsados R$ 4,3 bilhões, apenas 7% da despesa total.

 

 Milagre (Tutty Vasques)

Tem romeiro em Aparecida creditando na conta dos milagres de Nossa Senhora a coincidência de Marina Silva ter tomado, enfim, uma posição sobre o segundo turno justo no Dia da Padroeira do Brasil. Quanto à opção pelo Aécio, que Deus a perdoe!

No 1º turno, Marina declarou que não subiria em palanque do PSDB. E agora, vai novamente se contradizer?

 UMA ELEIÇÃO DE MUITOS – Janio de Freitas

 Eleição presidencial no Brasil pós-ditadura não se decide entre candidatos e respectivos partidos. Integram a disputa os candidatos, os partidos, a Polícia Federal, o Ministério Público Federal e até a Bolsa de Valores. Imprensa, TV e rádios também, claro, mas em outro diapasão, porque participam das eleições como de tudo mais o tempo todo.

 Registre-se a nota social, aliás, do Judiciário como debutante na disputa eleitoral, em par com o Ministério Público (também chamado de Procuradoria da República). Daí resultou a interessante coincidência, no calendário, entre o primeiro turno eleitoral e a delação premiada sob um novo sistema: o de sigilo judicial com alto-falante. E, ainda melhor, esta outra obra do acaso, que foi o primeiro depoimento judicial de um delator, com o previsível vazamento, logo no primeiro dia da disputa de segundo turno.

Já que as coincidências estão aí, convém repor no seu lugar aquela com que Fernando Henrique prova continuar querendo que se esqueça o que disse, por escrito ou de viva voz. Em entrevista a Mário Magalhães e a Josias de Souza, para o UOL, disse ele que "o PT está fincado nos menos informados, que coincide de serem os mais pobres".

Não há como negar a interpretação de que a frase atribui o voto no PT a inferioridades culturais e sociais, não existentes nos eleitores de outros partidos. Ninguém, portanto, entre os muitos que viram na frase uma divisão preconceituosa do eleitorado, mentiu sobre a autoria, a própria frase e o seu sentido, como Fernando Henrique os acusa com virulência. O blog do Mário Magalhães ainda remete para a entrevista.

Entre o Bolsa Família e a Bolsa de Valores, há mais do que uma disputa eleitoral entre os mal informados e os bem deformados.

Leia o artigo completo clicando AQUI 

Aécio diz, em sua propaganda eleitoral, que fará um governo para os pobres. Só não explicou se será para aqueles pobres mal informados do PT ou para os bem deformados de FHC...

*************************************

É esse o seu presidente?

Policial Civil de Minas Gerais, Lucas Gomes Arcanjo faz fortes denúncias contra Aécio Neves, e diz que as comprovações estão em sua página no facebook. Ele concorreu pelo PRTB ao cargo de Deputado Federal, e teve 653 votos:

HUMOR - O gato e o rato

Depois de ser perseguido pelo gato por um bom tempo o rato esconde-se na sua toca e fica ali durante horas. Até que, ao ouvir latidos de um cachorro, achou que o gato tinha ido embora e saiu para passear. Assim que enfiou a cabeça pra fora, foi pego pelas garras afiadas do felino.
— Anh? O que é isso? Você imita latidos? — perguntou, espantado.
E o gato:
— Meu amigo, neste mundo globalizado, quem não fala duas línguas morre de fome!


ELEIÇÕES 2014 - Até na Alemanha eles sabem que Dilma é a melhor para o Brasil

Li nos últimos dias que a presidenta do Brasil corre o risco de não ser eleita e fiquei chocado com a notícia. Nos últimos 10 anos o governo atual mudou a maneira como o Brasil é visto na Alemanha. Se antes víamos apenas um país de terceiro mundo, agora nós sabemos que o Brasil é uma potência econômica. Para os brasileiros eu diria 7 simples motivos para reeleger o atual governo:

1. Durante a crise mundial (2008-2013) a economia brasileira cresceu quase 5 vezes mais que a alemã.

2. A taxa de desemprego na alemanha duplicou durante a crise mundial enquanto a brasileira surpreendentemente abaixou. Na Itália, por exemplo, 12.3% das pessoas estão desempregadas, e na Espanha 24.5%. O atual governo brasileiro protegeu o emprego das pessoas enquanto as nações europeias protegeram o dinheiro dos bancos.

3. Apesar de a Alemanha ter um bom governo, em 2014 a economia brasileira vai, de novo, crescer mais que a alemã.

4. Durante a crise mundial (2008-2014) o IDH alemão diminuiu de 0.940 para 0.911. EUA diminuiu de 0.950 para 0.914, Espanha de 0.949 para 0.869. Enquanto as maiores economias do mundo sofreram esses efeitos, Brasil aumentou seu IDH de 0.710 para 0.744. Ainda distante do primeiro mundo? Sim. Mas no caminho certo de ascensão.

5. A desigualdade social cresceu em todos os países europeus enquanto diminuiu no Brasil. Continuando no mesmo caminho, em apenas 10 anos o Brasil alcançará o nível de desigualdade dos EUA.

6. O discurso de Roussef nas Nações Unidas inspirou o mundo inteiro contra a espionagem dos EUA. Depois disso, nossa primeira-ministra Merkel e outros líderes nacionais se pronunciaram contra Obama. Pela primeira vez um país de terceiro mundo teve coragem para enfrentar o governo estadunidense.

7. O atual governo de Lula e Roussef mudou a maneira como o Brasil é administrado. Se antes era um país de terceiro mundo trabalhando para os EUA e o mercado financeiro, hoje trabalha para as pessoas.

A Alemanha tem corrupção. Na Europa temos corrupção, assim como nos EUA e no Brasil e, infelizmente, isso nunca vai mudar, não importa quem esteja no governo. Mas se há um país que enfrentou a crise mundial e melhorou a vida das pessoas como nenhum outro no mundo, esse é o Brasil. E isso deve ser levado em conta.

Kurt Neuer, economista. Traduzido por Plantão Brasil. Fontes: clique AQUI e AQUI. 


HUMOR - Boas vindas

Se tem um lugar onde todos sabem o seu devido lugar é na cadeia. Tem hora de trabalhar, hora de lazer, hora de dormir... é quase uma colônia de férias, só que com mais chances de estupro e facadas. Pode parecer terrível, mas há várias opções pra passar o tempo comandar rebelião, organizar ataques do lado de fora, se vingar do X9, passar trote, sequestro, e planejar fugas. Nesse lugar onde o cigarro é dinheiro e as atualizações no Facebook são constantes, a camaradagem, respeito e tradição são as normas:



Escrito por Lalo às 12h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Emanuelle Araújo

A MÚSICA DO DIA

Emanuelle Araújo nasceu em Salvador, Bahia, em 21 de julho de 1976. Começou sua carreira aos dez anos fazendo teatro com a Companhia Interarte e, após cursar dois anos de biologia na Universidade Federal da Bahia e mais dois de artes cênicas, sua oportunidade apareceu em 1999, ao substituir a cantora Ivete Sangalo na Banda Eva, recebendo o prêmio de cantora revelação do carnaval de Salvador do ano 2000. Com a Banda Eva participou de grandes festivais como o de Montreux, Festival de Verão de Salvador por 3 anos consecutivos e em festivais de vários outros países como Alemanha, Hungria, Itália e Portugal. Atualmente canta junto com a a banda Moinho, da qual fazem parte a percussionista Lan Lan e o guitarrista Toni Costa. O primeiro single da cantora, Esnoba, foi lançado em 2007 e entrou para a trilha sonora da novela Beleza Pura. Hoje você vê Emanuelle Araújo cantando "Amei Tanto", de autoria de Vinicius de Moraes e Baden Powell:


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

IMPRENSA MARROM - Roberto Amaral detona Noblat

do Blog do Miro:

A mídia tucana está em plena ofensiva para garantir o apoio de Marina Silva e do PSB ao cambaleante Aécio Neves. A Folha até deu chamada de capa no início da semana, antecipando a decisão “favorável” da sigla, antes mesmo da reunião da sua direção. Neste jogo bruto, a velha imprensa tenta bombardear os dirigentes do PSB que resistem a esta guinada à direita. Um dos alvos principais é o presidente da legenda, Roberto Amaral, vitima de intrigas desde que assumiu o posto com a morte de Eduardo Campos. Para detoná-lo, o blogueiro oficial da famiglia Marinho, Ricardo Noblat, publicou mais uma de suas calúnias no site de O Globo nesta semana. Mas recebeu o devido troco em nota divulgada na quarta-feira (8):

A imprensa marrom volta à carga

Em texto expelido no dia 07/10/2014, o ex-jornalista R. Noblat atribui minhas posições de esquerda ao fato de haver pertencido, no governo Dilma, ao Conselho de Administração da Itaipu Binacional, onde "ganhava algo como pouco mais de R$ 20 mil mensais". Pena de aluguel barata na imprensa marrom, julga ele que isso é quantia de monta.

Jornalista fosse, ou pelo menos honesto, teria informado aos seus leitores que desse cargo pedi demissão para acompanhar, sem outra renda, a candidatura de Eduardo Campos. Não entende, não pode entender quem não sabe o que é ter opinião própria, o que seja compromisso ideológico.

A lamentar, apenas que um jornal como O Globo sirva de pasto a tamanha infâmia.

Brasília, 7 de outubro de 2014


Roberto Amaral - Presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro-PSB

HUMOR - Marina e o aparelho excretor

TUTTY VASQUES

Legado indissociável do debate eleitoral em curso, a polêmica sobre o uso adequado do ‘aparelho excretor’ traz para o discurso político a possibilidade do emprego de expressões idiomáticas de gosto duvidoso sem riscos de ferir o chamado decoro parlamentar. Como diria Levy Fidelix, “quem tem aparelho excretor tem medo”! A seguir, mais alguns exemplos do jargão popular incorporado à eloquência dos homens públicos:

1) ‘Passarinho que come pedra sabe o aparelho excretor que tem!’
2) ‘Pimenta no aparelho excretor dos outros é refresco!’
3) ‘Aparelho excretor de bêbado não tem dono!’
4) ‘Tirar o aparelho excretor da reta!’
5) ‘Com o aparelho excretor na mão!’
6) ‘Aparelho excretor do mundo!’ (o mesmo que ‘aparelho excretor do Judas’).
8) ‘…até o aparelho excretor fazer bico!’

Calma, gente!

Marina Silva vai dar seu apoio a Aécio! Só está fazendo um pouco do que o Levy Fidelix chama de “aparelho excretor doce”!


************************************************

 Marina diz que só apoiará Aécio se ele mudar de opinião toda semana

Fora do segundo turno, a ex-candidática Marina Silva deixou inscritas nas paredes de uma caverna no Acre Setentrional as dez condições para embarcar na piroga de Aécio Neves. "Em primeiro lugar, Marina exige autonomia para o Banco Central e para si mesma", interpretou o antropólogo Eduardo Viveiros de Castro, ao se deparar com os desenhos de dois faisões voando separados.

Após estudar as alegorias da caverna por duas horas, Viveiros de Castro apresentou a lista completa: "Marina reciclou a nova política. Para se empenhar na preservação dos tucanos, exige a legalização do suco de aloe vera e o fim da polarização entre Marilena Chauí e Merval Pereira. Mas, acima de tudo, a ex-candidática diz que só apoiará Aécio se ele mudar de opinião toda semana", concluiu, exausto, o antropólogo.

No final da tarde, Marina mudou de opinião e resolveu permanecer neutra. Depois, reviu sua posição pelo avesso do avesso do avesso do avesso. "É o perspectivismo marinístico", explicou Viveiros de Castro.

 

 JUSTIÇA - Ele continua o mesmo...

A PROMISCUIDADE ENTRE A MÍDIA E A JUSTIÇA

Eu estava para escrever sobre isso há alguns dias, mas a cobertura do primeiro turno me consumiu o tempo. Escrevo agora:

De Gilmar Mendes aprendi a só esperar coisas ruins, mas desta vez ele ultrapassou todos os limites. Não foi apenas negar um direito de resposta que fora aprovado unanimemente na instância abaixo. Foi a lógica perversa de sua justificativa. Como tantas vezes, a Veja fez acusações pesadas sem provar. Disse a revista: “Para evitar que o partido e suas principais lideranças sejam arrastados ao epicentro do escândalo da Petrobras às vésperas da eleição, a legenda comprou o silêncio de um grupo de criminosos – e pagou em dólar.”

Em qualquer país cuja mídia e justiça funcionem, você só publica uma coisa daquelas se tiver documentos que comprovem cabalmente. Ou então você está na lei da selva, no vale tudo em que um jornalista pode destruir reputações – e vidas – sem qualquer responsabilidade, e em regime de completa impunidade.

A Veja não tinha provas. Instada pelo TSE a publicar uma resposta do PT, recorreu ao STF. E o caso foi parar – logo onde – nas mãos de Gilmar Mendes, o juiz que compareceu, alegre, em pleno Mensalão, ao lançamento de um livro de Reinaldo Azevedo sobre os “petralhas”. É incrível que ainda seja aceita, no Brasil, a promiscuidade entre mídia e justiça. A vítima é a sociedade.

Mendes, cujo antipetismo exacerbado é conhecido, suspendeu o direito de resposta com um argumento que é um perigo para a sociedade, e bom apenas para a Veja: “O direito de resposta admitido constitucionalmente é aquele decorrente de informação falsa, errônea. Significa dizer que é preciso haver comprovação nos autos de que a informação veiculada na mídia é inverídica”.

Isso quer dizer o seguinte: você tem que provar que é inocente para conseguir resposta. Fica invertida a máxima segundo a qual você é inocente até prova em contrário. Agora, segundo Mendes, você é culpado até prova em contrário.

O caso ainda será discutido no plenário do Supremo, e é previsível que a sentença infame de Mendes seja atirada, merecidamente, no lixo. Mas jamais será apagada dos anais do Supremo o gesto de Gilmar Mendes — um ato que ignora, distorce, destrói pilares eternos daquilo que conhecemos como justiça.

por Paulo Nogueira, no DCM


POLÍTICA - PSDB nunca mais

Vamos afastar os fantasmas do passado?



Escrito por Lalo às 19h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Marcos Assumpção

A MÚSICA DO DIA

Artista criado em universo seresteiro, a discografia de Marcos Assumpção, nascido em Niterói (RJ), é marcada por um meio fio entre o pop e o romântico. Em seu quinto trabalho o compositor se aventurou em uma criação lírica: no CD A Flor de Florbela, produção independente, Marcos transformou em música 17 poemas da escritora portuguesa Florbela Espanca, e mergulhou nesse universo com entrega total aos sentimentos da parceira. O sofrimento tão presente na obra da poetisa passa para a música em tons dramáticos. Por vezes o disco toma um caminho denso, como em "Errante" ou em "Só". Já na canção "Mentiras", que é a nossa música de hoje,  o cenário leva ao velho Portugal. Gravação feita no programa Sr Brasil - TV Cultura:


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

COMPORTAMENTO - O que você não leu nos jornalões do Brasil

Uma pesquisa mundial do instituto Gallup, em associação com a empresa americana de bem estar Healthways, ouviu pessoas de 135 países, com o objetivo de avaliar o grau de satisfação delas. As entrevistas focavam em aspectos vitais da vida de cada um de nós: de dinheiro a saúde, das relações sociais ao encaixe na comunidade. O Brasil ficou em quinto lugar. É uma posição excepcional. Nas piores colocações você encontra países em guerra, como Iraque e Afeganistão.

Isto significa que o brasileiro está feliz. É feliz. É otimista. Gosta de seu país e de sua vida, e acha as coisas vão melhorar. Não preciso dizer que este levantamento foi virtualmente ignorado pela imprensa brasileira. O único lugar em que o vi – além do site do DCM – foi no site da Exame.

Compare o brasileiro tal como é apresentado pela mídia com este que emergiu da pesquisa. O BM – chamemos assim o Brasileiro da Mídia – é um sujeito atormentado, neurótico, infeliz, revoltado. Tem ódio do seu país, e desprezo pelos seus conterrâneos. Sente vergonha de dizer que é brasileiro no exterior. Ele pode ser personificado em Jabor, numa referência masculina, ou em Rachel Sheherazade, numa referência feminina.

Agora examinemos o BV, o Brasileiro de Verdade. É aquele que os estrangeiros encontraram nas ruas, na Copa do Mundo. Afável, sorridente, bem humorado, gentil. De bem com a vida, de um modo geral. O BV é a negação do BM.

Um desses dois brasileiros não faz sentido, e você pode bem imaginar qual. O que está por trás do retrato grotescamente distorcido do Brasil e dos brasileiros feito por jornais, revistas, telejornais etc? É o pavor de que, mostrando o brasileiro médio como um sujeito feliz, você esteja promovendo, indiretamente, o PT. É um pensamento de brutal obtusidade.

Compare o BM com as palavras ditas e escritas por Jabor. Num artigo recente publicado no Globo, ele escreveu: “Hoje, sabemos que somos parte da secular estupidez do país. Assumir nossa doença talvez seja o início da sabedoria.”

“Nossa doença”? Jabor deveria olhar para o espelho ao formular este tipo de pensamento. Ele é um infeliz, um amargurado, um derrotado. Um BM, em suma.

Fonte: site do Diário do Centro do Mundo.

ELEIÇÕES 2014

A pérola do dia de ontem:

No Jornal Hoje a apresentadora Sandra Annenberg ouve as opiniões do mal-intencionado jornalista político Alexandre Garcia – aquele mesmo que foi porta-voz dos governos da ditadura militar. Ele comentava sobre os 13 Estados que elegeram, em primeiro turno, os seus governadores. E relacionou os partidos: são 4 do PMDB, 3 do PT, 8 do PSDB (fez uma pequena pausa, e olhou para as câmeras), um do PCdoB, um do PTB, um do PSB e um do PSD.

Errou, propositalmente, na quantidade dos governadores eleitos pelo PSDB, para dar a impressão de isso ter sido um grande feito do partido ao qual ele serve. Na realidade foram apenas dois do PSDB, Beto Richa (Paraná) e Geraldo Alckmin (São Paulo). Eta sujeitinho mal-intencionado, né não?

Polícia prende filho de deputado candidato à reeleição na Paraíba

JANAÍNA ARAÚJO, para  O ESTADO DE S. PAULO

JOÃO PESSOA -  A Polícia Federal prendeu  Bruno Roberto, filho do deputado federal Wellington Roberto (PR), candidato à reeleição, por suspeita de compra de votos no bairro da Catingueira, em Campina Grande, distante 160 km de João Pessoa.

Ele foi flagrado no bairro na noite da sexta-feira anterior às eleições com dinheiro, contas de luz e de água, fraldas descartáveis, brinquedos e panfletos de propaganda eleitoral dentro do carro. Mais duas pessoas foram detidas.

No carro tinha adesivos do pai  de Bruno Ribeiro e também do candidato a deputado estadual, Caio Roberto (PR), irmão do suspeito, além de material do candidato a governador Cássio Cunha Lima (PSDB).

O advogado de Bruno Ribeiro, Gilberto Aureliano, não quis se pronunciar. Dois dos detidos pagaram fiança e foram liberados. O deputado federal Wellington Roberto (PR) disse que foi “armação”.

*************************************************

O deputado Wellington que nos desculpe  a franqueza: se tinha material de propaganda de Cássio Cunha Lima (PSDB), ex-governador da Paraíba cassado por corrupção, está tudo explicado... Se você quiser saber um pouco da "honestidade" de Cássio Cunha Lima e seus asseclas, clique AQUI (Políticos fichas-sujas) , AQUI (Política -- Com o NOSSO DINHEIRO), AQUI (O tempo fora de tempo), AQUI (Ele sempre em primeiro lugar), AQUI (Está certo?), AQUI (Mais um cara de pau no Congresso) e AQUI (Wikipedia).

CRÔNICA - O Fim (Luís Fernando Veríssimo)

Lembra do bug do milênio? Depois que o fim do mundo não aconteceu como previsto no começo dos anos 2000, o Apocalipse ficou desmoralizado. Mas pode ter havido apenas um erro nas datas da sua chegada. Das 940 quadras das profecias de Nostradamus em apenas nove ele dá datas específicas, e é compreensível que tenha se enganado em alguma. Na quadra 72 da décima centúria das profecias de Nostradamus está escrito que "no ano de 1999 e sete meses, dos céus virá o grande rei do terror". O costureiro Paco Rabanne, um estudioso da obra de Nostradamus, deduziu que o dia do grande terror, quando o mundo começaria a acabar, seria 28 de julho de 1999. Inclusive, dizem que ele fez o que seria seu último desfile no dia 27 e pagou todo o mundo com cheques pré-datados. Segundo Paco, o fim iniciaria com a explosão de uma estação espacial abandonada pelos russos sobre Paris. Feitos alguns ajustes nas datas, a previsão mantém-se perfeitamente plausível.

O que viria depois da explosão, Nostradamus não esclareceu. Disse que o rei do terror faria ressuscitar uma grande potência do Oriente e dela viria um anticristo que reinaria no Ocidente. Exegetas das profecias interpretaram suas palavras como uma referência a hordas mongóis lideradas por um Gengis Khan redivivo. Hoje, a interpretação pode ser outra: a grande potência que ressuscita é a Rússia, e a grande ameaça que vem do Oriente é Putin, provavelmente a cavalo e sem camisa. Como se sabe, junto com os discos de vinil e a Wanderléa, a Guerra Fria voltou. E a Rússia tem novos foguetes de longo alcance com múltiplas ogivas nucleares, capazes de destruir 17 Hiroshimas ao mesmo tempo, só um pouco menos do que os foguetes americanos. Paco Rabanne se precipitou. O fim pode estar próximo AGORA.

Quero aproveitar a oportunidade para dizer que foi um privilégio pertencer à Humanidade enquanto ela durou. E sei que falo pelos bilhões e bilhões de pessoas que frequentaram este planeta desde que éramos pré-hominídeos que não sabiam nem fazer fogo nem sexo de frente quando digo que foi bom. Fizemos muita bobagem, é verdade - guerras, filhos demais, carros com rabos de peixe, Brasília -, mas também fizemos coisas admiráveis. Dois exemplos: a Catedral de Chartres e a Patrícia Pillar. E nos divertimos, é ou não é? Parabéns à Terra, que nos acolheu sem fazer perguntas, nos deu a água e o oxigênio que precisávamos para viver e ainda nos proporcionou grandes crepúsculos, sem falar no cheiro de capim molhado e no pudim de laranja. Obrigado, velha. Que venha o Apocalipse. Viva o Internacional.

ELEIÇÕES 2014 - Financiamento de Campanha

Qualquer semelhança com um candidato ao segundo turno nas eleições é mera coincidência...



Escrito por Lalo às 14h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Royce do Cavaco

A MÚSICA DO DIA

Royce Todoverto nasceu em São Paulo, Capital, em 8 de outubro de 1961. Intensamente ligado ao carnaval paulistano, passou a fazer parte do mundo do samba ainda jovem, quando tocava seu cavaco nas rodas de samba formadas durante os jogos de futebol de várzea na capital paulista, acompanhando os irmãos. Nessa época conheceu muitos nomes nas escolas de samba Mocidade Alegre e Rosas de Ouro, passando a frequentar esta última e a integrar a ala de compositores. Teve passagens pela Águia de Ouro, Rosas de Ouro, Nenê de Vila Matilde, Acadêmicos do Tatuapé e Tom Maior, e atualmente é o intérprete oficial da X-9 Paulistana. Tem um estilo inconfundível, e possui em seu trabalho a influência do samba carioca sem perder a tradição de sua terra. Royce do Cavaco – seu nome artístico – compôs inúmeras canções, e seu maior sucesso até hoje na mídia é a música "Frente a Frente", que ficou seis meses nas primeiras colocações das rádios. É nosso vídeo de hoje:


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

HUMOR - O flagrante

Trabalhavam juntos três amigos: um italiano, um brasileiro e um português. Começaram a notar que o chefe saía mais cedo, até que certo dia eles resolvem sair logo depois do chefe, pra ter a tarde livre. 
O brasileiro aproveitou e foi no boteco tomar umas cervejas. O italiano foi para casa e preparou uma bela macarronada. O português foi para casa descansar e ao chegar abriu a porta do quarto bem devagar e viu a sua mulher na cama com o chefe! Mais do que depressa, ele fechou a porta e saiu de fininho, decepcionado. No dia seguinte, os seus amigos resolveram repetir a dose, já que o chefe não tinha desconfiado de nada, então foram chamar o português, que respondeu:
— Ora pois, desta vez eu não vou!
— Mas por que? — perguntam os amigos, curiosos.
— Ó pá, pois saibam que ontem eu cheguei em casa e quase fui pego pelo chefe!!!

 

ELEIÇÕES 2014 - Acontece de tudo!!!

Colaborador de campanha do deputado estadual Bruno Covas (PSDB), que concorre a uma cadeira na Câmara, o radialista e suplente de vereador tucano em São José do Rio Preto, Mário Welber, foi flagrado sábado no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, levando na pasta de mão R$ 102 mil em dinheiro vivo e um envelope com 16 cheques e um cartão de campanha do neto do ex-governador Mário Covas. Welber foi interceptado pela Polícia Federal (PF) no aparelho de raio X que identificou o dinheiro. Ele não chegou a ser preso, mas a PF abriu inquérito para investigar a origem dos valores. Segundo a PF, o apoiador do tucano, que também é mestre de cerimônias da Câmara Municipal de Rio Preto, não explicou a procedência do dinheiro.

Nessa época de eleições a PF redobra a vigilância nos aeroportos porque políticos e assessores costumam circular com recursos em espécie. Welber foi barrado quando embarcava com destino a Rio Preto. "O dinheiro é meu, não tem nada com a campanha do Bruno. Esse dinheiro é de um trabalhador anônimo, uma pessoa que está na batalha. Eu não tenho como andar com meu imposto de renda debaixo do braço, mas afirmo que tenho como comprovar a origem do dinheiro, tenho renda e caixa. Sou um microempresário na área de mídia."

Ele disse que veio a São Paulo para "fazer um negócio", a compra de um carro, mas não deu certo e retornava a Rio Preto. Sobre o material de campanha de Covas, ele afirmou. "Eu estava apenas transportando o envelope com os cheques, se eu soubesse que ia dar tudo isso não teria me comprometido a levar. Se não existissem algumas anotações pessoais e o cartão (de Bruno Covas) jamais iriam me parar. É uma leviandade até com ele (Covas), na véspera das eleições. Isso vai acabar com a minha vida. Vão achar que eu estava com dólares na cueca."

Covas, ex-presidente da Juventude do PSDB, atual secretário-geral estadual do partido, foi eleito deputado da Assembleia Legislativa paulista pela primeira vez em 2006. Em 2011, foi nomeado pelo governador Geraldo Alckmin para o cargo de secretário do Meio Ambiente. Em abril entrou em campanha por uma vaga na Câmara.

Welber disse que não é assessor do tucano, mas colabora com a campanha de Covas no interior. Em seu perfil nas redes sociais ele se identifica como "assessor da Secretaria do Meio Ambiente do Estado".

*****************************

TUTTY VASQUES

O deplorável ataque homofóbico de Levy Fidelix no debate da Record – “Aparelho excretor não reproduz!” – foi, paradoxalmente, um raro momento de elogiável sinceridade na atual campanha presidencial no País. Baixou de repente no candidato do PRTB um misto do Caco Antibes do Miguel Falabela (“Eu tenho horror a pobre!”) com o Justo Veríssimo do Chico Anysio (“Do povo eu só quero duas coisas: voto e distância!”).

*********************************************

De Letícia Weber, patroa do Aécio, tentando consolar o maridão: “Você pelo menos continua no G4, amor!”

Ao contrário do que alguns petistas andam espalhando por aí, o tal “órgão excretor” do Levy Fidelix nada tem a ver com o “papo reto” do Aécio Neves! E não se fala mais nisso, ok?

********************

Dos R$ 7 milhões arrecadados desde 2010 pelo Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), uma das ONGs de Marina Silva, 97,1% vieram de dois empresários que têm participação ativa em sua campanha: Neca Setubal, a herdeira do Itaú que coordena o seu programa de governo, e Guilherme Leal, um dos sócios da fabricante de cosméticos Natura. Cada um contribuiu com cerca de R$ 3,4 milhões, segundo a ex-secretária-executiva da entidade, Alexandra Reschke.
A revelação foi feita por ela ao jornalista Thiago Herdy, do jornal O Globo, e publicada nesta terça-feira pelo jornal. Procurado pelo jornal, Leal confirmou ter feito a doação de R$ 3,4 milhões. Neca, que concedeu entrevistas falando em nome da candidata do PSB e defendendo temas como a independência do Banco Central, confirmou a doação, mas não o valor.
A doação de Neca não se restringe ao IDS. Ela também bancou 83% dos custos de outra ONG da candidata do PSB, o Instituto Marina Silva, com uma doação de R$ 1 milhão em 2013.


Durante o governo da presidente Dilma, tanto o Itaú quanto a Natura foram autuados pela Receita Federal por suposta sonegação de impostos. O banco, em R$ 18,7 bilhões, pelos efeitos da incorporação do Unibanco. A fabricante de cosméticos, em R$ 628 milhões.

*******************************************

Os debates consagraram a dupla mais abjeta da TV brasileira: Aécio e Everaldo

William Bonner abriu o papel em que estava escrito o tema a ser discutido. “Previdência”, é o que se lia. O Pastor Everaldo, à frente do palco, convocou Aécio Neves. “Meu querido senador”, ronronou, a voz melíflua. Aécio e Everaldo entraram a falar sobre o PAC.

Bonner, como um bedel, pediu que os dois se concentrassem no assunto determinado, “Previdência”. Everaldo deu um sorriso cínico, descarado, sabujo e mandou bala: “O que o senhor tem a me dizer sobre a Previdência no Brasil?”

A dupla mais abjeta da televisão brasileira depois de Danilo Gentili e Roger do Ultraje é formada por Aécio e Everaldo. A sorte é que foi a última vez, na temporada, em que ela aparece. Mas deve ter futuro na política.

Desde os primeiros debates, os dois interpretam um casal 20 de fundo de quintal em que o candidato do PSC se deixa subjugar pelo do PSDB (Se você tem alguma dúvida, é bom que saiba: é tudo combinado nos bastidores).

Everaldo, com pinta de vendedor de cinto de couro de cobra, sua mania de declarar que inventou o Bolsa Família, a falta completa de ideias e coragem, assumiu nos encontros a função de escada para o amigão. Era mais ou menos previsível que procurasse algo ou alguém para onde correr. Sua candidatura se transformou num traque. O restolho de voto evangélico que tinha migrou para Marina Silva. Não resistiu a 15 minutos de Jornal Nacional. Silas Malafaia, que o apoiava quando não estava ocupado detonando homossexuais, trocou-o por Marina.

Everaldo chegou a ser saudado como uma “grata surpresa” por Rodrigo Constantino, o que deveria ter sido interpretado como um sinal. Uma esperança para a direita, no desespero da direita em achar alguém assumidamente de direita. Revelou-se um conservador meia boca — “estado mínimo!”, “estado mínimo!” — de fala mole.

Um nanico entre os nanicos. Luciana Genro e Eduardo Jorge mostraram brilho próprio. Levy Fidelix, em sua imensa, pantagruélica estupidez, acabou ganhando muito mais visibilidade, embora por vias transversas, defendendo também “a família segundo a Constituição”.

O pastor havia terminado um dos debates com uma bênção evangélica. Na Globo, pediu a bênção a seu padrinho Aécio Neves, trocando afagos e beijando a mão do patrãozinho, que olhava o servo com desdém enquanto lhe trepava nas costas para vender seu peixe.

Kiko Nogueira é Diretor-adjunto do Diário do Centro do Mundo. Jornalista e músico. Foi fundador e diretor de redação da Revista Alfa; editor da Veja São Paulo; diretor de redação da Viagem e Turismo e do Guia Quatro Rodas.

Nesse ponto, eu desisti de assistir ao debate. De Aécio já esperava tal atitude, afinal ele é notoriamente conhecido como mentiroso e manipulador. Mas, quanto ao pastor Everaldo, até lhe tinha simpatia – devido à sua pretensa posição religiosa --, apesar de não concordar com muito do que ele pregava. Imaginava eu que em algum dia poderia votar nele como síndico de um edifício... mas agora, diante dessa sua atitude de dissimulação, jamais receberá meu voto, nem para porteiro de edifício...

*******************************************

Já Bonner perdeu a grande oportunidade de qualificar o debate. Quando sorteou o tema PREVIDÊNCIA, os dois candidatos começaram, em total escárnio aos eleitores e espectadores, a debater o PAC, jocosamente chamado por eles de Plano de Atraso do Crescimento. Quando foram instados por Bonner a respeitarem o tema do debate, PREVIDÊNCIA, ambos não conseguiram articular nenhuma proposta concreta. Se fosse eu, gentilmente agradeceria aos dois contendores e os mandaria sentarem-se. Mas, como Aécio estava envolvido, Bonner meteu o rabo entre as pernas, feito cachorrinho amuado...Beleza de atitude, né não?

  

REDE GLOBO e seu jornalista Arnaldo Jabor viram PIADA INTERNACIONAL

O vídeo já tem alguns anos, mas continua atual...

 



Escrito por Lalo às 20h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Noel Andrade

A MÚSICA DO DIA

Nascido na pequena Patrocínio Paulista, interior de São Paulo, e vivendo na capital paulista, Noel Andrade já participou de importantes projetos ligados ao mundo da viola. Com composições que falam do Brasil caboclo, não só da música caipira como de todos os ritmos e manifestação populares, vem se destacando entre os músicos brasileiros que tocam e cantam a terra. Veja hoje uma adaptação da música "Ferreirinha na Viola", de Francisco Nepomuceno de Oliveira, interpretada no programa Viola, Minha Viola, apresentado por Inezita Barroso na TV Cultura. Noel Andrade é acompanhado por Leandro Brito (violão) e Marcião Gonçalves (contrabaixo):


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

ELEIÇÕES 2014 - Por que Aécio vai mal em Minas? Porque os mineiros não conheciam Aécio

Em terceiro lugar nas pesquisas para presidente, Aécio Neves está amargando um resultado frustrante em seu berço político. De acordo com as últimas pesquisas ele aparece, em Minas Gerais, com 22% das intenções de voto, atrás de Marina Silva (27%) e de Dilma Rousseff (com 35%, em primeiro lugar). Pimenta da Veiga, do PSDB, está oito pontos atrás do petista Fernando Pimentel. A crise fez com que a irmã de Aécio, Andrea, se transferisse para MG em busca de tentar estancar a sangria. De acordo com a Folha, o dirigente da Força Sindical, João Inocentini, um apoio importante, já teria entregado os pontos, afirmando que “a vaca foi para o brejo”.

O PSDB manda no estado de Minas Gerais desde 2003. Aécio foi governador por oito anos. Elegeu o sucessor, Anastasia. No final de seu segundo mandato, pelos números do Vox Populi, alcançou 92% de aprovação. O que aconteceu? Bem, além do fenômeno Marina e do fato de que suas propostas não encantam ninguém, aconteceu que Minas não é o Brasil. A nacionalização de Aécio levou na enchente sua força regional. O jeito Aécio de lidar com a imprensa não é exportável para o resto do país. A ação que ele move contra o Twitter para abrir os dados de 66 contas — entre elas, a do DCM — é emblemática. Se antes ele falava no “submundo da internet”, hoje se refere a uma “rede orquestrada”.

A pressão sempre funcionou muito bem em MG, onde ele resolvia as coisas com um telefonema. Para ficar num exemplo recente: as poucas matérias do maior jornal local, O Estado de Minas, sobre o aeroporto na fazenda de seu tio serviram para abrir-lhe espaço para dar explicações. O assunto foi, até o limite, escondido na mídia “oficial”. Como resultado, imediatamente após o escândalo, 64% dos mineiros nunca tinham ouvido falar da obra, segundo o Datafolha. Apenas 12% se declararam informados. Com a internet, ficou impossível camuflar o tema.

Aécio sempre contou com essa blindagem (vale a pena ver o documentário “Liberdade, Essa Palavra” - clique AQUI para assistir). Donde seu espanto e conseguinte agressividade diante de jornalistas que lhe fazem perguntas incômodas, como no Roda Viva — em que insinuou que o diretor da Piauí, que abordou a questão das drogas, “já tinha candidato” — ou no Jornal Nacional, ou no debate em que foi questionado por Luciana Genro. Ele está sendo obrigado a responder por coisas sobre as quais nunca teve que dar satisfação. Aos poucos, a cortina de fumaça vai se dissipando — inclusive, obviamente, em Minas Gerais.

Os mineiros estão, finalmente, conhecendo melhor o homem. E não estão gostando do que vêem.

HUMOR - O enterro do elefante

Depois de ser a maior atração do zoológico durante vinte anos, o elefante morre. Ajoelhado ao lado do enorme cadáver do paquiderme, Zé Mineirinho chora desconsoladamente. O público observa, guardando um respeitoso silêncio.
— Coitado! — uma mulher diz baixinho para seu marido — Ele deve ter sido quem cuidava do elefante, deve ter se envolvido emocionalmente com ele...
— Que nada! — o marido responde — Aquele lá é o cara que tem que cavar a cova!

ELEIÇÕES 2014 - Marina desconhece o BNDES

Do site Brasil Debate:

Recentemente Marina Silva tem dado um show de desconhecimento a respeito da realidade e do papel do BNDES para o desenvolvimento brasileiro. A primeira evidência desse desconhecimento é que, no dia 20 de setembro, a candidata tuitou que o BNDES deu R$500 bilhões para meia dúzia de empresários, enquanto o orçamento do bolsa família equivale a R$24 bilhões de reais:

Surpreendentemente, esses 137 caracteres comportaram vários equívocos. O principal deles, lembrado por vários usuários do Twitter, é que a atividade de financiamento é diferente de doação ou transferência de recursos: o dinheiro emprestado pelo BNDES volta para o banco, acrescido de juros. E nesse meio tempo, constitui estímulo importante para a atividade econômica e para o desenvolvimento do país.

Outro equívoco é dizer que o BNDES financiou meia dúzia de empresários. Em 2013 foram 1.144.262 operações de financiamento do BNDES, sendo 1.101.248 para micro, pequenas e médias empresas (Caso duvide, CLIQUE AQUI).

Não fosse suficiente, a candidata repetiu o que tuitou em entrevista ao Bom dia Brasil (25/09) e, indagada sobre a sua intenção de enfraquecer os bancos públicos, disse que “o que enfraquece os bancos é pegar o dinheiro do BNDES e dar para meia dúzia de empresários falidos, uma parte deles, alguns deles que deram, enfim, um sumiço em bilhões de reais do nosso dinheiro”.

Para que bilhões de reais sumam do balanço dos bancos, como alegado pela candidata, a inadimplência do BNDES não só teria que ser alta, mas também deveria ter aumentado. A ironia é que, no ano de 2013, o BNDES teve a menor taxa de inadimplência de sua história, de apenas 0,01%, como mostra o gráfico. Isso significa que o dinheiro emprestado tem sido pago em dia pelos empresários:



Para efeitos de comparação, a taxa média de inadimplência dos bancos brasileiros a pessoas jurídicas foi de 2% em julho de 2014, segundo dados do Banco Central.

Por fim, é natural a existência de divergências políticas a respeito do papel do nosso Banco de Desenvolvimento. O que não é saudável é a utilização de fantasias e devaneios como estas, que empobrecem e despolitizam o debate econômico brasileiro.

***********************************

A candidata Marina morena ou é muito mal assessorada, ou é muito mal-intencionada, né não? 

POLÍTICA - Eu também quero???

Se a saúde pública no Brasil parece estar ruim das pernas, isso jamais atingirá senadores, ex-senadores, suplentes que assumiram o cargo, tampouco seus cônjuges e dependentes. E para que isso seja possível, é exigido um único requisito destes políticos: exercício ininterrupto por 180 dias. Isso quer dizer que nenhum deles precisa contribuir para ter direito ao plano de saúde mais cobiçado do país.

A assistência à saúde do Senado Federal é vitalícia e abrange atendimento médico-hospitalar; médico-ambulatorial; assistência domiciliar de emergência, urgência, traslado terrestre ou aéreo; odontológico ou psicoterápico, inclusive no exterior. Tudo isso sem nenhum gasto por parte dos beneficiados.

Para o MPF-DF (Ministério Público Federal do DF), que ajuizou ação civil pública contra o programa mencionado, "a assistência prevista pelo Senado afronta todos os padrões de razoabilidade, surpreendendo, de início, pelo fato de ser paga integralmente com recursos públicos mediante ressarcimento das despesas ou pagamento direto ao prestador do serviço. Reitere-se: as despesas são sustentadas pelo orçamento da União na sua totalidade, isso porque os assistidos não recolhem, em momento algum, qualquer contribuição que desonere parcialmente o Ente federal no financiamento do sistema em referência".

Segundo o Jornal gaúcho Zero Hora, “com custo zero para os senadores e bancado pelo contribuinte, o plano de saúde do Senado inclui até implantação de próteses dentárias de ouro e beneficia também quem perdeu o mandato por quebra de decoro, como é o caso de Demóstenes Torres (ex-DEM-GO), ou por suspeita de desvios de dinheiro público, no caso de Expedito Júnior (PSDB-RO)”.

Vale lembrar que é bem comum no Brasil os senadores não ficarem até o fim do mandato, seja para concorrer ao governo executivo local ou à presidência, seja por renúncia, estendendo o benefício ao plano de saúde vitalício para o suplente – eleito sem nenhum voto --, incluindo o cônjuge e os seus dependentes.

Em um país onde não é incomum ver hospitais públicos sem leito, maca, médico, medicamento e até gaze, é difícil de engolir tamanha discrepância.

Gilbert Di Angellis da Silva Alves é estudante de Direito, trabalha na Rede Advocacia de Excelência. Como repórter, trabalha no programa Brasília na TV.

PROPAGANDA - Mineiro Gás

Nosso concorrente no Festival Internacional de Publicidade, em Cannes:



Escrito por Lalo às 18h17
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Li Martins

A MÚSICA DO DIA

Patricia Lissah Kashiwaba Martins nasceu em Sertanópolis (PR) em 29 de março de 1984. Aos 4 anos começou a frequentar aulas de língua japonesa e a cantar em concursos de música da comunidade local, incentivada pela avó materna, que também era nipônica. E como vivia dentro da colonia, usava a a parte japonesa de seu nome "Lissa Kashiwaba", e aos 14 anos começou a cantar profissionalmente. Era constantemente contratada para cantar em shows como, casamentos, formaturas, feiras e outros eventos de sua cidade e região. Li Martins – seu atual nome artístico -- ficou conhecida nacionalmente após ser uma das vencedoras do reality show"Popstars", do SBT, e integrar o grupo Rouge, um dos maiores fenômenos da música no início da década de 2000. Recentemente fez a performance de Amy Winehouse cantando ´Rehab´ na estreia do programa musical Esse Artista Sou Eu:


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

HUMOR - Paulistanos protestam contra hospital público em bairro nobre 

Após organizar um abaixo-assinado contra a exposição Castelo Rá-Tim-Bum no Museu da Imagem e do Som, moradores do Jardim Europa reagiram com indignação aos rumores de que um Posto de Saúde seria construído no bairro. "Imaginem os transtornos de trânsito e aquele cheiro de gente diferenciada que um hospital público pode trazer à nossa civilizada vizinhança. Tudo tem limite!", desabafou Verinha Pessegueiro Alcântara, erguendo um iPad com a mensagem "Não somos o Jardim Venezuela".

Para mostrar que o Jardim Europa não tem carências na área de saúde, Verinha citou os serviços da Clínica de Emagrecimento Slim Form, da Eye Care Oftalmologia e do consultório do Dr. Sergio Goldman Sachs. "Daqui a pouco vão conceder descontos no IPTU para quem dá plano de saúde aos empregados", desabafou, enquanto pedia um copo d´água de coco para tomar um Rivotril.

Num último desabafo, Verinha manifestou mais um temor: "Falta pouco para importarem ciclistas cubanos para infestar nossa ruas".

Em nome da desobediência civil, blogueiros selvagens prometeram andar de bike sem capacete.


COMPORTAMENTO - Mais bikes

Pitbull da Veja atropelado na ciclovia (Por Altamiro Borges, no Blog do Miro)

A situação de Reinaldo Azevedo – pitbull da Veja e rottweiller da Folha – não está nada fácil. Recentemente, desanimado com o rumo da corrida presidencial, ele confessou a sua tentação de “ir criar galinhas”. Agora, ele acaba de ser atropelado numa ciclovia de São Paulo. Ao lado do vereador Andrea Matarazzo, o tucano das abotoaduras de ouro, ele virou o inimigo mais hidrófobo da proposta do prefeito da capital paulista de ampliação desta forma de transporte. Num texto no site da revista do esgoto, ele rosnou: “Haddad, o maníaco, agora quer a Bolsa Bicicleta: dar desconto de IPTU a quem incentivar o que os idiotas chamam de ‘bike’. E ainda faltam 833 dias para a gente se livrar dele...”.

O artigo obrado pelo ‘metralha’ da Veja, porém, logo foi atropelado. Na quinta-feira (18), o Ibope divulgou uma pesquisa que indica que 88% dos paulistanos aprovam as ciclovias em São Paulo. Já no sábado, outra sondagem, desta vez do Datafolha, mostrou que a aprovação do prefeito Fernando Haddad (PT) está crescendo. Para piorar, no final de semana a própria revista Veja, que paga o salário deste “maníaco”, elogiou a política da prefeitura de ampliação das ciclovias. Algo inédito nas páginas desta publicação, famosa por sua obsessão contra qualquer “lulopetista”. Quase que Reinaldo Azevedo pegava o seu ridículo chapéu e ia para a roça cuidar das galinhas.

Na segunda-feira (22), a Folha tucana, que também alimenta o rottweiller – como foi rebatizado pela própria ombudswoman do jornal –, publicou um editorial reconhecendo “A vez das ciclovias”. Segundo o artigo, “a pesquisa Datafolha sugere que implantação das vias exclusivas para bicicletas, apoiadas pela maioria, melhora avaliação de Haddad... Trata-se, não por acaso, de tendência nas principais metrópoles do mundo. A bicicleta é um meio de transporte limpo, que ocupa muito menos espaço do que um carro (embora não seja ‘a’ solução para os problemas de mobilidade urbana) e oferece a seus usuários a possibilidade de não ficar refém das condições do trânsito”.

 Será que Reinaldo Azevedo agora vai criar galinhas? Coitadas das galinhas!

Aécio Neves encontrou nas entrelinhas do noticiário sobre o Dia Mundial Sem Carro um novo argumento para desqualificar Marina Silva: “Como é que alguém que não sabe andar de bicicleta pode querer dirigir o Brasil?” (Tutty Vasques)

ELEIÇÕES - O que realmente acontece com o voto nulo?

Em épocas eleitorais, muitos sustentam que o Voto Nulo é forma de protesto resultante da insatisfação do povo com o cenário político e/ou desidentificação com os candidatos.

Fato é que a Constituição Federal dá peso zero para esse "voto de protesto", porque, segundo o Ministro do TSE Henrique Neves, ele não interfere no resultado das eleições. O que há é uma interpretação equivocada do art. 224 do Código Eleitoral:

Art. 224. Se a "nulidade" atingir a mais de metade dos votos do país nas eleições presidenciais, do Estado nas eleições federais e estaduais ou do município nas eleições municipais, julgar-se-ão prejudicadas as demais votações e o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro do prazo de 20 (vinte) a 40 (quarenta) dias.

O grande equívoco reside no que as pessoas identificam como nulidade. O artigo não se refere ao "Voto Nulo" que muitos tem bandeirado como protesto. Se refere aos casos que podem gerar a nulidade do pleito, ou seja, votação decorrente de fraudes, falsidades, coação, desvio e abuso de poder, propaganda ilegal que beneficie um candidato em uma disputa majoritária etc.

Os Votos Nulos não são considerados desde 1965 (Lei 4.737/65), assim como os Votos em Branco (Lei 9.504/97). No final das contas, são registrados apenas para fins estatísticos. Por serem descartados na apuração final, eles podem ter um poder contrário ao desejado por muitos. Imagine: uma eleição majoritária com 100 eleitores, um candidato precisa de pelo menos 51 votos válidos (50% + 1) para vencer a eleição no primeiro turno. Se 20 desses eleitores "protestarem" e anularem seus votos, apenas 80 serão considerados válidos, logo, estará eleito quem receber apenas 41 votos.

Exercer a Cidadania é muito mais que votar ou não.

 HUMOR - Incompatibilidade na cova

Manuel e Joaquim caminhavam por um cemitério quando se depararam com uma sepultura recente. Na lápide dava para ler: "Aqui jaz um homem honesto, e advogado competente". Quando terminou de ler, Manuel virou-se para o Joaquim e disse:
— Ó pá, Joaquim, desde quando estão enterrando duas pessoas juntas na mesma cova?

 

 ELEIÇÕES 2014 - Energia

Programa eleitoral da Presidente Dilma que versa sobre a energia:

Essa é para os leitores (e eleitores) saberem o que as Vejas, Globos, Folhas, Estadões, Bands, SBTs e assemelhados sonegam sobre informações vitais e importantes de obras grandiosas para o nosso Brasil, tudo na tentativa de dizer que os governos do PT são inertes...

Enquanto isso, uns vão apagando e mudando o seu programa eleitoral ao sabor das conveniências de momento, enquanto outros se divertem construindo aeroportos em fazendas dos titios, né não?



Escrito por Lalo às 15h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Emma

A MÚSICA DO DIA

Emmanuela Marrone nasceu em Florença, Itália, em 25 de maio de 1984. Após numerosas experiências como vocalista de diversas bandas, em 2010 iniciou carreira solo, tendo vencido o concurso de talentos Amici di Maria de Filippi. Essa vitória permitiu-lhe assinar contrato com a Universal Music, tendo imediatamente editado um CD – "A me piace così" –, que alcançou vendas e criticas bastante promissoras. Participou em 2012 no Festival de Sanremo, com "Non è l'inferno", tendo ganho a edição daquele. Em 2014 ela foi escolhida internamente pela RAI para representar a Itália no Festival Eurovisão da Canção 2014 com a canção cantada inteiramente em italiano "La Mia Città". Hoje você vê Emma – seu nome artístico – cantando "L'Amore Non Mi Basta":

 


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

HUMOR - Eike Batista entra para a Classe X

 

PINDAÍBA - Em coletiva de imprensa realizada numa animada roda de samba no Cacique de Ramos, Eike Batista improvisou um partido alto sobre sua atual situação financeira: "Fui no Pink Fleet, acabou a comida, acabou a bebida, acabou a canja. Sobrou pra mim, o bagaço da laranja", cantarolou, bebericando um Natu Nobilis.

Mais sereno, com um palito de dente no canto da boca, Eike enalteceu sua consciência solidária: "Fiz a minha parte pela redução da desigualdade social", disse, enquanto fritava um gato angorá numa churrasqueira improvisada com escombros do Hotel Glória.

O ex-bilionário, no entanto, negou que tenha voltado à classe média. "Entrei para a classe X", corrigiu. "Continuo empreendendo", ressaltou, enquanto mostrava a foto da barraquinha de X-Tudo que montou perto da estação de trem em Austin. "Enquanto isso, contratei advogados do Fluminense em 12 prestações para voltar à elite", concluiu.

 

 

 HUMOR - Lanterna Verde

Lanterna Verde, o velho super-herói, esclarece: Já era assim conhecido muito antes de o Palmeiras chegar à tal situação no Brasileirão! O personagem quer distância do Palestra Itália!

 (Tutty Vasques)

 JUSTIÇA - Eu também quero!!!

Juízes pedem R$ 7 mil mensal para pagarem estudo dos filhos

Luiz Flávio Gomes

A presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro enviou para a Assembleia Legislativa um projeto para conceder auxílio-educação para os filhos de juízes e servidores do Tribunal. Para os magistrados, o auxílio mensal seria de até R$7.250,00 e para os servidores de até R$3.000,00. Segundo Adriana Cruz (O Dia), a proposta ainda prevê R$ 20 mil por ano aos juízes para investirem em estudo. Os servidores receberiam mais R$ 500. O auxílio-educação postulado pode chegar a R$9 mil, se passarem os novos vencimentos dos ministros do Supremo (para R$ 35 mil). A Associação dos Juízes ainda quer mais R$ 1.100 como auxílio-transporte.

Antes das eleições todas essas propostas (nitidamente indecorosas) não serão votadas (porque os deputados estaduais estão em campanha). “A Justiça parece que não entendeu o recado das ruas, no ano passado, com as manifestações que caracterizaram falta de representatividade. Nenhum professor do estado ganha o que os magistrados querem de auxílio-educação”, criticou o deputado estadual Marcelo Freixo, do Psol. No ano passado os deputados já aprovaram o auxílio-moradia para magistrados e membros do Ministério Público sem questionamentos. Atualmente, os valores giram em torno de R$ 5 mil, segundo desembargadores ouvidos pelo jornal O Dia.

É uma incongruência manifesta os tribunais afirmarem que não há verbas para contratar novos juízes ou para melhorar o serviço público da Justiça (reconhecidamente moroso) e, ao mesmo tempo, pedirem mais benefícios mensais que driblam o teto salarial dos desembargadores. A proposta auxílio-educação é indecorosa em todos os seus aspectos, mas existe no seu seio outra aberração inominável, que faria corar qualquer aristocrata racista: o valor distinto para magistrados e servidores significa o quê? Que o filho do magistrado tem que estudar em um lugar melhor do que o do servidor, fazendo preponderar a histórica desigualdade de classes? No tempo do Brasil colonial e imperial o sonho de todo fidalgo era colocar o filho na “folha do Estado”. Esse sonho cultural não acabou; a diferença é que agora já se pretende que o filho vá para a “folha do Estado” desde o jardim da infância.


HUMOR - Aula de catecismo

Joãozinho volta da aula de catecismo e pergunta para o pai:
— Pai, por que é que Jesus, quando ressuscitou, apareceu primeiro para as mulheres e não para os homens?
— Sei não, meu filho! Vai ver que é porque ele queria que a notícia se espalhasse mais depressa!

ELEIÇÕES 2014 - Marina, Aécio e a Petrobras 

O presidente da Federação Única dos Petroleiros (FUP), José Maria Rangel, defende que fazer da Petrobras operadora única do Pré Sal e exigir conteúdo nacional nos navios e plataformas construídas no país são formas de fortalecer o Brasil. Por isso, ele critica o programa de Marina Silva (PSB), que procura reverter o modelo de partilha e favorecer as petroleiras internacionais. “Quem trabalha para desmontar esta política de Estado só pode estar pensando em privatização”, disse Rangel.


No primeiro dia da maior conferência de petróleo e gás da América Latina, a Rio Oil & Gas, o coordenador da campanha do PSB, Walter Feldman, disse que plano de conteúdo local e o regime no Pré-Sal poderão ser mudados caso a candidata Marina Silva vença as eleições. Feldman chamou a política de conteúdo local de “doutrinária” e disse que executivos do setor se queixaram dela. A política exige que 60% da compra de componentes seja feitos no Brasil. 


Pelo regime de partilha, adotado pelo governo de Lula em 2010, todas as áreas de exploração do pré-sal são controladas pela Petrobras. Ou seja, é o Estado que controla a exploração. Além disso, o regime prevê que a estatal tenha participação de, no mínimo, 30% em todas as áreas licitadas.


 “Quem se diz contra o conteúdo nacional tem que dizer também que é contra gerar empregos no Brasil. Além dos empregos, o país voltou a ter excelência na construção naval, o que é fantástico”, avalia José Maria Rangel. “Me lembro bem que o primeiro programa de TV de Lula, em 2002, foi em frente ao estaleiro em Angra dos Reis , quando mostrou o abandono da nossa indústria naval e se comprometeu a reativar os nossos estaleiros. Promessa cumprida”, lembra José Maria Rangel.


O presidente da FUP lembra de como a Petrobras era gerida nos governos PSDB. Para ele, os tucanos tentaram privatizar a Petrobras, por meio de seu sucateamento. “O que foi o afundamento da P-36? E os vazamentos na Baía de Guanabara e no Rio Paranaguá?”, questiona.


Rangel mostra números para defender a estatal “Em 2002 a empresa valia R$ 54 bilhões , hoje vale R$ 289 bilhões. Investia em 2002 R$ 18,8 bilhões, hoje investe R$ 104 bilhões. Tinha um lucro de R$ 8,1 bilhões; em 2013 foi de R$ 23,5 bilhões”, informou.


“Os números são incontestáveis , a Petrobras mudou de cara nos governos Lula e Dilma a volta dos tucanos ou Marina, que tem seus mentores econômicos vindos do mesmo ninho, vai acabar com a Petrobras”, concluiu.


*************************************

Nas eleições passadas para Presidente (em 2010), o pastor Silas Malafaia expôs os motivos pelos quais não votaria em Marina Silva:

Que mudança de opinião, né não???



Escrito por Lalo às 19h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Domenico Modugno

A MÚSICA DO DIA

Domenico Modugno nasceu em Polignano a Mare, Itália, em 9 de Janeiro de 1928. Desde jovem queria tornar-se ator, e depois de cumprir o serviço militar frequentou uma escola de artes e mais tarde surgiu em vários filmes, tornando-se depois cantor e compositor. Ficou mundialmente popular na década de 1950. A sua canção "Nel blu dipinto di blu" que participou no Festival Eurovisão da Canção (1958) foi um enorme sucesso em todo o mundo, e nos Estados Unidos recebeu dois Prémios Emmy, ficando conhecida como "Volare". Essa canção tornou-se um marco da música italiana da época, e naquele mesmo ano venceu três prêmios Grammy, com a canção do ano, melhor interpretação masculina e melhor disco. Com todas essas vitórias, Domenico Modugno tornou-se o protagonista mundial dos espetáculos teatrais, filmes e programas de televisão. Faleceu em Lampedusa, (Itália) em 6 de Agosto de 1994. Veja hoje sua interpretação de um dos grandes sucessos, "Dio, Come ti Amo", em gravação realizada em 1966:


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

CORRUPÇÃO - Os asseclas de Aécio

Por FÁBIO BRANDT, para o Estadão

O ex-senador Clésio Andrade (PMDB), presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), é investigado pela Polícia Civil do Distrito federal, que apura a atuação de um grupo que desvia dinheiro do Serviço Social do transporte (Sest) e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat). Na manhã da última sexta-feira, 19, foi deflagrada a Operação São Cristóvão, que incluiu 21 mandados de busca e apreensão, cinco prisões temporárias e 24 conduções coercitivas de suspeitos.

Um dos mentores dos desvios seria o ex-senador e presidente licenciado da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), Clésio Andrade, que já foi vice-governador de Minas durante o primeiro mandato de Aécio Neves (PSDB).

Réu no mensalão tucano mineiro, Clésio renunciou ao mandato de senador em julho deste ano, alegando na ocasião motivos de saúde. Com isso o processo que tramitava contra ele no Supremo Tribunal Federal deve ser remetido à Justiça Federal em Minas, e certamente cairá no esquecimento, assim como o processo contra o ex-governador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), que também renunciou em fevereiro deste ano ao seu mandato de deputado federal, , para escapar de uma condenação de 22 anos de prisão pelo STF, e será julgado pela Justiça Federal de Minas Gerais. Ambos estreitamente ligados a Aécio Neves (PSDB), candidato e partido que se dizem os moralistas da nação...

HUMOR - As prostitutas

Certa noite a mãe toma um taxi com a filhinha de cinco anos de idade e, ao pararem diante de um semáforo na Praça Independência, centro de Belo Horizonte, a garotinha vê várias prostitutas em trajes menores fazendo ponto na esquina.
— Mãe! O que são essas mulheres todas?
A mãe, constrangida, responde:
— Não é nada não, filhinha! São só as esposas esperando os maridos saírem da fábrica.
— Uai, dona — intrometeu-se o taxista Zé Mineirinho. — Pur que a senhora não diz a verdade? Essas muíes são tudo prostituta, ganham a vida vendendo o corpo!
A mãe ficou vermelhíssima.
— E elas têm filhos? — tornou a garotinha.
— Têm sim, minha filha! — respondeu a mãe.
— E o que eles fazem?
— Dirigem taxi!

MOBILIDADE URBANA - Paulistanos exigem rodízio de bikes

ITAIM BIBI - Irritados com a proliferação de ciclofaixas vermelhas, centenas de paulistanos saíram em carreata para exigir o rodízio de bicicletas. "O engarrafamento é um patrimônio imaterial da cidade. Não podemos perder nossa identidade", defendeu Andrea Matarazzo, orgulhosamente parado na marginal. "Estão construindo cliclofaixas onde não passa bicicleta. Cadê o planejamento?", esbravejou João Doria Junior, há 20 minutos em ponto morto na 23 de maio.

Manifestantes diferenciados de Higienópolis elaboraram um abaixo-assinado, em papel Prada, para exigir que a Polícia Militar baixe o sarrafo em todos os ciclistas. "Tirem nossa água, mas não acabem com nosso trânsito!", sublinhou Milu Fonseca Pedrosa Smith de Vasconcellos com um megafone Gucci.

Revoltado, Aloysio Nunes denunciou mais um delírio autoritário do prefeito: "Há rumores de que Haddad vai impôr o plantio de árvores em vias públicas", tuitou.

Saiba qual a opinião de uma comerciante que atende ricaças, sobre a nova ciclofaixa em Moema:

Coitadinhas das dondocas, né não?

CRÔNICA - Com o corrupto da Petrobras

Jânio de Freitas

Embora pelo pior motivo, que é o seu arranjo para delatar companheiros de corrupção e, em troca, receber liberdade, a recusa de Paulo Roberto Costa a responder perguntas deu à CPI mista da Petrobras o descaso merecido. Esnobou, diriam as ruas, se perdessem algum tempinho em atenção à gaiatice de mau gosto que foi a falsa sessão para ouvir o corrupto da Petrobras.

Admitida por obrigação a possibilidade de exceções, pode-se assegurar que ninguém na CPI estava interessado em inquérito algum. Já como preliminar, todos ali sabiam que Paulo Roberto Costa estava judicialmente autorizado a não dar, a senador ou deputado nenhum, a consideração de uma resposta. Ainda que mentirosa. Mesmo assim, no silêncio da sua cara inexpressiva e imutável, era dele a única atitude, ali, de evidente autenticidade.

A percepção oferecida pelo plenário da CPI era a de que os deputados e senadores estavam ali só para mostrar-se na TV. À custa de esticarem o pescoço ou o palavrório embromador, para obter mais alguns segundos do seu principal objetivo parlamentar. Com a transmissão ao vivo da falsa sessão inquiridora, até a oposição compareceu à CPI que até agora não lhe mereceu o devido comparecimento, que dirá contribuição. O grave assunto Petrobras só tem interessado a oposição como assunto que leva às páginas de jornais, pelo mesmo motivo eleitoral.

Mas não convém restringir ao ambiente da CPI a preferência de Paulo Roberto Costa pelo silêncio. A delação premiada é o compromisso de abrir os fatos ao conhecimento do Ministério Público e da Justiça. Se, porém, esses condutores do processo propõem ou aceitam a delação que pagam com a liberdade do acusado, é que não chegaram, por si, ao conhecimento dos fatos. Logo, não sabem qual foi a totalidade dos fatos, nem quais são todos os envolvidos. O delator controla o jogo, vai comprando liberdade com o gasto necessário, e só até o necessário. Supor que Paulo Roberto Costa haja citado tudo desde o seu começo, e, sobretudo, todos, será um erro.

ELEIÇÕES 2014 - Escolha seu candidato


Nestas eleições escolha quem tem a zueira no sangue e na carreira. Vote nos candidatos do PDZ, o Partido da Zueira:

Sacanagem foi colocarem o grande Rogério Ceni nessa história, né não?...



Escrito por Lalo às 18h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Lupicínio Rodrigues e Joanna

A MÚSICA DO DIA

Se vivo estivesse, Lupe – seu apelido quando criança -- teria completado ontem 100 anos de idade. Nascido em Porto Alegre (RS) em 16 de setembro de 1914, Lupicínio Rodrigues compôs marchinhas de carnaval, sambas-canções, e músicas que expressam muito sentimento, principalmente a melancolia por um amor perdido. Foi o inventor do termo dor-de-cotovelo, que se refere à prática de quem crava os cotovelos em um balcão ou mesa de bar, pede um uísque duplo, e chora pela perda da pessoa amada. Constantemente abandonado pelas mulheres, buscou em sua própria vida a inspiração para suas canções, onde a traição e o amor andavam sempre juntos. Nunca saiu de Porto Alegre, a não ser por uns meses em 1939, para conhecer o ambiente musical carioca. Porto Alegre era seu berço querido e todo o seu universo.

Boêmio, foi proprietário de diversos bares, churrascarias e restaurantes com música, que seguidamente ia abrindo e fechando, tudo apenas para ter, antes do lucro, um local para encontro com os amigos. Torcedor do Grêmio, compôs o hino tricolor em 1953, e deixou cerca de uma centena e meia de canções editadas; outras centenas que compôs foram perdidas, esquecidas ou estão à espera de quem as resgate. Faleceu em sua cidade natal em 27 de agosto de 1974, e seu corpo está sepultado no Cemitério São Miguel e Almas em Porto Alegre. No vídeo abaixo, Lupicínio Rodrigues canta um pout-pourri de músicas compostas por ele ("Ela disse-me assim", "Vou brigar com ela" e "Nervos de aço") no programa "Sambão" de Elizeth Cardoso (TV Record) em 1973:

Lupicínio Rodrigues teve inúmeros intérpretes, e hoje destacamos Joanna que, em especial em sua homenagem, canta trechos de "Volta ", "Ela Disse-me Assim", "Matriz ou Filial", e "Felicidade":

Mais de Joanna em nosso blog:

- em 05/02/2010 - cantando ‘Momentos’.


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

HUMOR - A morte do sócio

A filha entra no escritório do pai, de mãos dadas com o com o marido, e vai logo perguntando:
— Pai Zé, é verdade que o seu sócio acabou de morrer?
— É sim, fia. Pur que?
— É o seguinte. Vou ser bem direta. Por que o senhor não coloca o meu marido no lugar dele?
— Uai, quirida, pur mim tudo bem... Vai lá conversá com o pessoar da funerária...

 CRÔNICA - Invadiram minha casa. Mas era apenas business

Um dia, fora do horário comercial, a tela do seu smartphone acende com a mensagem: “Invadiram sua casa...” Você mora em uma casa mesmo. Naquele momento, não há ninguém lá. O mundo, qualquer um sabe, anda bem selvagem. Ou seja, no meio segundo antes de abrir a mensagem inteira, seu coração disparou, a adrenalina foi a mil. Tela aberta, texto inteiro exposto: “Invadiram sua casa e danificaram seu portão? Seguro tal, casa protegida disponibiliza vigilância entre outras assistências por xx mensais”. Ufa! Era só uma empresa idiota, cujo criativo praticava o marketing do susto.

Você respirou aliviado. Era só um “comercial”. Daí, para. Como assim? Só? Qual só, qual nada. É uma empresa - mais uma! - que comprou ou roubou um cadastro com meu número de celular e invadiu minha caixa postal. Você tem ganas de responder a mensagem. “A casa da sua mãe também!” Não pode. Ali, no bina da sua telinha, só tem quatro números. É um código, não um telefone que permite respostas. O tal numerosinho é devidamente protegido para aceitar apenas um “OK”. Nada além. Se não concordar, fique quietinho, delete a mensagem, que é todo o direito que você tem.

Ta certo isso, Arnaldo? Claro que não. Não sou eu a única rabugenta diariamente invadida por dezenas de mensagens do tipo casa protegida – muitas delas inclusive de sua própria operadora. Aquela mesma operadora que, aliás, quando você precisa de algum serviço, tem que discar um setecentos números de uma plataforma de voz até ser atendida por uma múmia, que “vai estar repassando” você para outras incontáveis mumiazinhas, que também “vão estar” não resolvendo o seu caso. Quem nos defende das mensagens eletrônicas vindas dos quatro números codificados, usados até por presidiários para o já manjadíssimo golpe do você-ganhou-50-mil-reais?

As operadoras se garantem com uma tal opção em que o contratante – eu, você e todo mundo – marca um xizinho concordando em receber mensagens da dita cuja. (Se não aceitar, elas chegarão do mesmo jeito. E a vítima precisa ligar para a agência reguladora, que terá um mundo de dias até resolver (?) sua demanda. De qualquer forma, você concordou em receber mensagens da-que-la operadora. Só dela. Não de eventuais clientes-usuários do cadastro da dita cuja, não é?

Perguntar não ofende. Alguém tem ideia de quanto vale um cadastro desses com nossos números de celular, e-mails, etc.? Valores de muitos zeros, imagino. É legal a venda deles? Quem controla? Bandido ou mocinho? Os dois? A empresa vendedora repassa lucros sobre essas vendas para nós clientes/vítimas?

Celular é o mais pessoal dos telefones. É o autêntico “meu número”, do qual, em tese, só eu poderia dispor. Não é nada assim. Não bastasse a bisbilhotice geral e irrestrita da mega espiã americana NSA, por muito mais do que 30 dinheiros, todo dia, toda hora, aqui na terrinha, qualquer empresinha de fundo de quintal invade nossas telas para vender o que lhe der na telha. E nós, que protestamos até contra nomes de série de TV (fala sério!), bem carneirinhos, engolimos sem nem regurgitar.

A autora, Tânia Fusco é jornalista, mineira, observadora, curiosa, risonha e palpiteira, mãe de três filhos, avó de dois netos. Vive em Brasília.

 ELEIÇÕES 2014 - O cambaleante Aécio

Luciana Genro atropela Aécio na CNBB (por Altamiro Borges, do Blog do Miro)

A gaúcha Luciana Genro tornou-se candidata do PSOL no bojo de uma crise interna do seu partido, a partir da inesperada desistência do senador Randolfe Rodrigues. As pesquisas sinalizam que ela não deverá ultrapassar muito a votação do falecido Plínio de Arruda Sampaio, que obteve 0,87% dos votos nas eleições de 2010. Nesta situação, a ex-deputada encontra-se mais a vontade para desfechar os seus ataques. Foi isto que ocorreu no debate organizado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) com os presidenciáveis, que varou a madrugada desta quarta-feira (17). Luciana Genro protagonizou as melhores cenas do programa, nocauteando o cambaleante Aécio Neves. O tucano apanhou um bocado!

Após três blocos bem enfadonhos, em função das regras rígidas impostas pela direção da TV Aparecida, o debate pegou fogo. Ironizando, a CNBB virou um inferno. Após Aécio Neves posar de paladino da ética, atacando a Petrobras, a candidata do PSOL disparou: “O senhor fala como se no governo do PSDB nunca tivesse havido corrupção. Na realidade, nós sabemos que o PSDB foi precursor do mensalão, com seu correligionário e conterrâneo Eduardo Azeredo. O PT deu continuidade a essa prática de aparelhamento do Estado, que o PSDB já havia implementado durante o governo Fernando Henrique... Também foi público e notório o processo de corrupção que ocorreu durante a compra da [emenda] da reeleição. E a corrupção nas empresas públicas que foram privatizadas, num processo que ficou conhecido como privataria tucana”.

Luciana Genro, que tenta se apresentar como expressão da pureza, ainda concluiu: “Então, o senhor, Aécio, falando do PT, é como o sujo falando do mal lavado. Porque o senhor é de um partido que promove a corrupção. As empreiteiras que fizeram o escândalo de corrupção da Petrobras são as mesmas que financiam a sua campanha, a da Marina e a da Dilma”. Meio desnorteado, o tucano até tentou reagir. Acusou a ex-petista de “voltar às suas origens, atuando como linha auxiliar do PT”. O troco foi bem no fígado do cambaleante: “Com todo o respeito, linha auxiliar é uma ova… O senhor não tem resposta para debater comigo a corrupção, até porque foi protagonista de um dos últimos escândalos”. “O senhor é tão fanático pela corrupção que consegue usar dinheiro público para construir um aeroporto beneficiando exclusivamente a sua família. É realmente escandaloso o que o PSDB faz no Brasil”, concluiu Luciana Genro, num golpe fatal que reduziu Aécio Neves a pó.

O debate na CNBB nem precisava mais prosseguir. Dilma Rousseff e Marina Silva, as duas candidatas que lideram as pesquisas, pouco se expuseram e ainda assistiram ao massacre do tucano. Ao final, o cambaleante ainda choramingou: “Política é isso: aquele que se propõe a governar o Brasil tem que ouvir impropérios. E aqueles que são irrelevantes fazem acusações absolutamente irresponsáveis e levianas”. Coitado. Aécio Neves foi atropelado e sem direito a bafômetro!



Escrito por Lalo às 19h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Ray Conniff e Orquestra

A MÚSICA DO DIA

Ray Conniff e Orquestra interpretam 'Can't Take my Eyes off You ', música de autoria de Bob Gaudio e Bob Crewe (falecido em 11/09/2014):

Mais de Ray Conniff em nosso blog:

- em 29/04/2012 - tocando 'Nossa Senhora'.

- em 20/09/2009 (em lalokohout.zip.net) interpretando 'Besame Mucho', 'Green Eyes' e 'La Mer'.


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

HUMOR - Filhos bastardos

— Manuel, preciso fazer-te uma confissão — diz a mulher no leito de morte, com voz trêmula : Antonio, o nosso filho mais velho... Não é teu!
— Ora, pois! Não te preocupes agora com isso, mulher — responde o portuga e, abaixando a cabeça, prossegue — Sabes? O nosso filho Joaquim... Não é teu!
— Mas como, ó Manuel? — diz a mulher, que não sabe se ri ou se chora — Como que não é meu? Ora, seu eu o tive nove meses em meu ventre!
— Mas não te lembras do primeiro dia na maternidade?
— Claro que lembro-me, como poderia esquecer?
— Pois então, o Joaquinzinho fez cocô e você me mandou trocá-lo e eu... O troquei por outro bebezinho que estava limpinho, limpinho!

ELEIÇÕES 2014 - Neca Setúbal é a 3ª maior doadora entre as pessoas físicas

(DANIEL BRAMATTI JOSÉ ROBERTO DE TOLEDO E RODRIGO BURGARELLI - O ESTADO DE S. PAULO)

Além de coordenar o programa de governo de Marina Silva (PSB), a acionista do banco Itaú e educadora Maria Alice Setubal é a terceira maior doadora individual nestas eleições. Até o começo de setembro, Neca, como é conhecida, havia dado R$ 2.010.200 a candidatos do PSB (16), PV (3), PDT (2) e PPS (1). As doações têm como destinatários concorrentes em 13 Estados e no Distrito Federal. Os valores também variam. Os beneficiados são políticos ligados à Rede Sustentabilidade, partido que Marina tentou criar sem sucesso no ano passado.

As maiores doações foram de R$ 200 mil. Além de Marina - por meio do comitê financeiro da candidatura presidencial do PSB -, receberam essa quantia candidatos a deputado federal em São Paulo (José Gustavo Fávaro) e Tocantins (Rafael Boff), e o candidato a governador do PSB no Amazonas, Marcelo Ramos Rodrigues.

Neca fez ainda seis doações de R$ 130 mil para candidatos à Câmara e ao Senado - como Eliana Calmon (PSB-BA) e Reguffe (PDT-DF). As demais doações são de R$ 70 mil e R$ 10 mil, para candidatos a deputado estadual e federal da Bahia a Santa Catarina. Em comum, a maioria tenta se colocar no perfil de “novo”: jovens, estreantes nas urnas ou defensores da bandeira da renovação.

***********************************

Pra quem diz que faz NOVA POLÍTICA e não tem rabo preso com banqueiros...

POLÍTICA COM HUMOR

Vereadora que só teve o próprio voto assumiu

Josias de Souza

Um candidato a mandato eletivo, como se sabe, é sempre um pretensioso que faz merchandising do próprio umbigo. Diz coisas definitivas sem definir as coisas, para que o eleitor possa distinguir o lamentável do impensável, optando pelo menos pior. Na pequena cidade gaúcha de Coronel Pilar, que abriga 1,7 mil habitantes, sucedeu algo diferente.

Mulher do presidente do PTB municipal, Veridiana Bassotto Pasini, 39 anos, também filiada ao PTB, foi registrada como postulante a uma cadeira de vereadora. O repórter Rodrigo Chernhak conta que ela virou candidata apenas para preencher a cota de candidaturas femininas que a legislação obriga o partido a apresentar. Veridiana não fez campanha. Abertas as urnas, obteve apenas um voto —o voto que deu a si mesma. Nem o marido, Luiz Carlos Pasini, votou nela.

A despeito disso, Veridiana Pasini tomou posse como vereadora de Coronel Pilar. Deu-se há uma semana. Ela assumiu como sétima suplente da coligação PTB-PP-PMDB. O titular da cadeira, Luciano Contini (PMDB), tirou licença médica por 60 dias. A suplente Iraci Moresco Zanatta assumiu. Mas só ficou na cadeira por 30 dias. Por razões distintas, os demais suplentes abstiveram-se de reivindicar o posto. Que acabou caindo no colo de Veridiana.

Supondo-se que o titular retorne no final da licença médica, Veridiana, a candidata eleita por si mesma, será vereadora pelo menos até o início de outubro. Uma experiência que nem ela, secretária de um consultório odontológico, imaginava viver. “Eu não esperava. Mesmo sem querer acabei entrando. Concorri para preencher a cota de mulheres candidatas na coligação. E optei por não fazer campanha.”


********************************************

A RESPOSTA MERECIA, PELO MENOS, MEIO PONTO, NÉ NÃO, ALCKMIN?

**************************************

Aécio Neves processa institutos de pesquisa que o colocam em terceiro lugar

Após bloquear buscas indesejadas no Google e filtrar as cutucadas que recebe no Facebook, Aécio Neves resolveu acionar novamente a Justiça: "Ibope, CNT/Sensus e Datafolha vêm fazendo uso do submundo das pesquisas eleitorais para me difamar. Sete entre dez SUVs têm o adesivo de Aécio Neves estampado no vidro traseiro e os institutos insistem em me colocar em terceiro lugar", esbravejou. "Pago meus impostos em dia e vou tomar as medidas judiciais para figurar, ao menos, no segundo turno", completou.

Dando sequência ao projeto de instaurar uma nova internet no Brasil, o candidato tucano entrou com uma liminar contra 666 tuiteiros e exigiu mudanças na ferramenta. "Pago meus impostos em dia e reivindico o direito de escrever mensagens com mais de 140 caracteres", tuitou. Em seguida, em segredo de justiça, mandou apagar o aeroporto que construiu no Second Life.

Setores ligados ao submundo da internet criaram o processômetro para medir a quantidade de internautas processados por Aécio Neves.

**********************************************

Lucivan Paz é candidato a deputado estadual no Piauí. Nascido em Teresina em 06/11/1981, concorre pelo PTC-Partido Trabalhista Cristão. Veja sua propaganda eleitoral:

Ele tava indo tão bem, né não???



Escrito por Lalo às 18h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Chick Corea & The Vigil e Stevie Wonder

A MÚSICA DO DIA

Em 17 de agosto de 2014, no Catalina Jazz Club, em Hollywood, USA, Chick Corea e a banda The Vigil (integrada por Tim Garland-saxofone, flauta e clarineta, Charles Altura-guitarra, Carlitos del Puerto-baixo, Marcus Gilmore-bateria, e Luisito Quintero-percussão) recebem a visita de Stevie Wonder e juntos interpretam as músicas "Pastime Paradise" (autoria de Stevie) e "Spain" (autoria de Chick):

Mais de Chick Corea em nosso blog:

- em 14/09/2012 - Com Hiromi Uehara, interpretando 'Summertime'.

- em 01/06/2012 - com Al De Meola e Billy Cobham interpretando 'Concierto de Aranjuez'.

Mais de Stevie Wonder em nosso blog:

- em 06/03/2014 - com Toots Thielemans, interpretando 'Bluesette'.

- em 04/01/2013 - cantando 'You Are The Sunshine of my Life'.

- em 17/02/2012 - cantando 'Yester Me, Yester You, Yesterday'.

- em 29/03/2011 - cantando 'Superstition'.

- em 26/08/2010 - com Tony Bennett, cantando 'For Once in my Life'.

- em 03/07/2010 - Com  Dionne Warwick, Elton John e Gladys Knight, cantando "That's What Friends Are For".


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

ELEIÇÕES 2014 - São Paulo: torneiras cada vez mais secas

O racionamento de água em São Paulo é inegável (por MIGUEL MARTINS, para a CartaCapital)

 Há cerca de um mês a dona de casa Gilcélia Matos toma seu banho diário antes das 6 da tarde. Seu marido não tem a mesma sorte: chega do serviço à meia-noite e é obrigado a esquentar a água deixada por sua esposa em um balde de plástico. Assim que o sol começa a se pôr no bairro de Parque Santa Rita, zona leste de São Paulo, a pressão da água das torneiras diminui consideravelmente. Ao contrário da maioria de seus vizinhos, Gilcélia não possui caixa d’água em casa, o que a impede de armazenar o recurso para os horários críticos.

A família Matos tem sido afetada por uma estratégia da Companhia de Saneamento Básico de São Paulo de reduzir a vazão noturna de água para o atendimento a alguns bairros da capital paulista. A medida corresponde a cerca de 20% da economia realizada pela Sabesp, que reduziu a produção de água do Sistema Cantareira, responsável pelo abastecimento de cerca de 9 milhões de paulistanos, de 31,9 mil litros por segundo para 19,7 mil litros. Antonio Carlos Zuffo, chefe do Departamento de Recursos Hídricos da Universidade de Campinas e responsável por um estudo realizado desde o ano passado em parceria com o Consórcio PCJ, grupo composto de prefeituras e empresas que fiscalizam os mananciais pertencentes ao Cantareira, afirma que a medida equivale a um racionamento, embora o governo e a empresa façam um esforço retórico para rejeitar o termo.

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor recebeu até o momento mais de 500 reclamações de paulistanos a respeito de problemas com abastecimento. Os cinco reservatórios do Cantareira encontram-se em seu nível histórico mais baixo. O volume total da rede é de 10,7%.

Em 2004, quando foi renovada a outorga do Sistema Cantareira à Sabesp, a baixa oferta de água na cidade foi tema de debate. Uma portaria do Departamento de Águas e Energia Elétrica sugeria buscar outras opções de abastecimento em regiões como o Vale da Ribeira, no sul do estado. Desde os anos 1960 há um projeto para a construção de sete reservatórios na região. Francisco Lahoz, secretário-executivo do Consórcio PCJ, lamenta que a proposta não tenha avançado. “Mesmo se fossem construídos apenas três reservatórios, seria possível aumentar a captação em até 35 mil litros por segundo. Seria um novo Cantareira”, diz. “Fala-se em falta de planejamento, mas o problema é a falta de execução daquilo que foi planejado.”

Em ano eleitoral, os moradores de Parque Santa Rita aguardam uma passagem de Alckmin pela região para cobrá-lo. “Daqui a pouco o Geraldo vem aí para a fazer campanha. Quando eu encontrar com ele, vou reclamar”, diz a lojista Maria do Socorro, presidente do Clube de Mães do Parque Santa Rita e amiga de Gilcélia.

 

HUMOR - As filhas do Zé obedecem ao pai?

Zé Mineirinho, um fazendeiro muito rigoroso e durão, casou suas três filhas no mesmo dia. A casa da fazenda era bem grande e o fazendeiro exigiu que as três filhas passassem a noite de núpcias nos quartos do casarão, que ficavam um ao lado do outro. Depois do casamento as filhas se dirigiram para os quartos, com os seus respectivos maridos. Zé, muito curioso, foi ouvir o que acontecia nos quartos, através das portas. Parou no primeiro quarto e escutou a voz da filha mais velha cantando bem alto. Estranhou, mas prosseguiu. Parou no segundo quarto onde estava a filha do meio, que ria, ria sem parar. Novamente estranhou, mas continuou. No quarto da filha mais nova ele não ouviu nada. Esperou alguns minutos, mas nada de barulho. Então ele resolveu dormir. No dia seguinte, quando todos estavam tomando café, ele começou a conversar com as filhas e perguntou à primeira:

– Pur que ocê tava cantarolando ontem, minha fia?

– Foi ocê qui mi ensinô, pai! Ocê mi disse qui sempre qui eu tivesse medo era para cantá!

– Muito bem, fia. --  I ocê – dirigindo-se para a filha do meio. – Pur que tava rindo tanto?

– Foi ocê qui mi ensinô, pai! Ocê mi disse qui sempre qui eu sentisse dor deveria rir!

– Muito bem! – respondeu ele. – E ocê, caçulinha quirida, pur qui é qui tava tão queta onti!?!

– Uai, foi ocê qui mi ensinô, pai! Ocê mi disse que nunca si deve falá cum a boca cheia!

SAÚDE - Ebola avança

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta segunda-feira, 8, que a comunidade internacional está fracassando no combate ao Ebola e alertou que “vários milhares” de novos casos vão surgir na Libéria nas próximas três semanas. O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, telefonou para líderes globais, como o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e pediu mais empenho no combate ao vírus. Até um médico da OMS, com toda a sua estrutura de prevenção, foi contaminado em Serra Leoa. A organização Médicos sem Fronteiras advertiu que o surto ressurgiu em áreas da Guiné onde parecia ter chegado ao fim.

“Deveremos ver um aumento exponencial no número de casos”, admitiu Margaret Chan, diretora da OMS. Para a organização, a responsabilidade é de toda a comunidade internacional diante do “sofrimento humano sem precedentes”. “O surto superou completamente a capacidade do governo e dos parceiros de dar uma resposta”, indicou a OMS, que admitiu que o fenômeno “jamais foi visto” - 14 das 15 regiões do país estão afetadas. O serviço de saúde está em colapso. Em um país com um médico para cada 100 mil habitantes, a doença já matou 79 profissionais. “Assim que um novo centro de atendimento do Ebola é aberto, ele é imediatamente lotado, apontando para um enorme número de casos invisíveis”, informou a OMS. A Libéria registrou até agora 2 mil casos e mil mortos.

Outra constatação da investigação da OMS é a de que carros, táxis e motos em Monróvia se transformaram em vetores de transmissão. Assim que uma pessoa adoece, famílias inteiras entram nos táxis e percorrem a cidade em busca de um leito. “Não existe nenhum leito disponível”, disse a OMS. O problema é que os veículos não são posteriormente desinfetados.


ELEIÇÕES 2014 - Fernando Henrique Cardoso está com problemas de memória (blog do Josias de Souza)

De passagem por Nova York, o grão-tucano Fernando Henrique Cardoso disse meia dúzia de palavras sobre o escândalo da Petrobras. Ecoando Aécio Neves, seu candidato, ele declarou que o propinoduto instalado na estatal é “outra forma de mensalão.” FHC espetou: “Não é um caso, são muitos casos. Não é uma prática, é uma constante. Não é um desvio, é quase que uma regra.'' Ele diz não descrer da alegação de Dilma de que “não viu nada”. Mas ironizou: “Então, ela não é uma gerente competente. Acho que ela precisa dar explicações mais consistentes.''

O raciocínio é bom. Tão bom que pode ser adotado pelo governo tucano de São Paulo. No poder há duas décadas, o PSDB paulista alega que jamais soube do cartel que fraudava licitações de trens e do metrô desde Mario Covas. Parafraseando FHC: “Então, Covas, Serra e Alckmin são incompetentes. Devem à plateia explicações mais consistentes.”

**********************************

Vamos refrescar a memória de FHC:

HUMOR - O japonês e a virgem

Lembram-se da virgem Catarina e do japonês?



Escrito por Lalo às 16h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Miltinho (IN MEMORIAM)

A MÚSICA DO DIA (IN MEMORIAM)

Milton Santos de Almeida nasceu no Rio de Janeiro (RJ) em 31 de janeiro de 1928. Começou sua carreira na década de 1940 como integrante de diversos grupos vocais, entre eles Anjos do Inferno, Namorados da Lua, Quatro Ases e Um Curinga, Milionários do Ritmo, mas foi na década de 1960 que se consagrou com o sucesso Mulher de 30. Dono de uma voz inigualável e inconfundível, ficou conhecido como O "Rei do Ritmo", e influenciou diversos artistas, entre eles João Nogueira e Luiz Airão. Faleceu ontem, 7 de setembro, vítima de uma parada cardíaca, no Hospital do Amparo, zona norte do Rio.

Miltinho – seu nome artístico -- foi homenageado, em seus 85 anos, pelo programa Musicograma, da TV Brasil, em que cantou trechos das músicas "Samba no Leblon" (Luiz Reis), "Mulher de Trinta" (Luiz Antonio), "Recado" (Djalma Ferreira/Luiz Antonio), "Lembranças" (Benil Santos/Raul Sampaio), "Eu Quero um Samba" (Haroldo Barbosa/Janet de Oliveira), "Palhaçada" (Haroldo Barbosa/Luiz Reis), "Menina Moça" (Luiz Antonio), "Mulata Assanhada" (Ataulfo Alves), "Volta" (Luiz Antonio), "Poema do Adeus" (Luiz Antonio), e "Meu Nome é Ninguém" (Luiz Reis):

Mais de Miltinho em nosso blog:

- em 08/06/2012 – com Zeca Pagodinho, cantando ‘Se Você Visse’.

- em 07/10/2010 - cantando 'Recuerdos'.

- em 16/05/2010 - com Ed Motta e Rildo Hora cantando 'Meu Nome é Ninguém'.


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

ELEIÇÕES 2014 - Marina apoiada pela direita

Por Miguel do Rosário, no blog O Cafezinho:

 

A poeira está baixando. Os defeitos e virtudes de cada candidato e de suas coligações já começaram a ser descontados pelas diferentes forças políticas. Sindicatos, centrais, movimentos sociais, cientistas, estão com Dilma. Clube Militar, Malafaia, Feliciano, criacionistas, estão com Marina.
 O texto do Clube Militar, divulgado há pouco, diz que a ex-ministra representa um “fio de esperança”. Trata-se de um texto duramente reacionário, cheio de ataques ao “bolivarianismo” e aos “sovietes petistas”. A bem da verdade, é um texto de maluco. Um trechinho: “As mudanças podem ser para melhor ou para pior, desde que interrompam a malfadada corruptocracia instalada no poder pelo lulopetismo”.
Hã?
Ou seja, para os milicos de pijama que administram uma das últimas instituições que ainda defende, com veemência, a ditadura, vale tudo, mesmo uma “mudança para pior”, desde que sirva para tirar do poder uma presidenta que arriscou a própria vida para combater o regime militar.
Arnaldo Jabor, colunista ultra-reaça do Globo, disse coisa parecida há alguns dias. Ao dizer que Marina Silva poderá trazer uma “destruição criadora”.
Esses caras estão completamente loucos! Para tirar o PT do poder vale “mudar para pior” ou mesmo apostar num processo de “destruição criadora”. Claro que a “destruição criadora” seria distribuída assim: “destruição” para pobres e classe média, “criadora” para os 1% mais ricos. O que nos espanta, como sempre, é a ignorância política da classe média brasileira. Ela é vítima duas vezes. É a mais enganada pela imprensa, e a mais enganada pelos políticos. Um período de crise provocado pela “destruição criadora” preconizada por Arnaldo Jabor afetaria profundamente o nível de emprego da classe média. A classe média brasileira nunca viveu um período de tanta prosperidade como nos governos Lula e Dilma. Nunca viajou tanto a Paris, Buenos Aires, Miami. Nunca teve tantas oportunidades de emprego, educação e renda.
Os governos Lula/Dilma abriram centenas de milhares de vagas no setor público, recuperando áreas inteiramente devastadas do Estado. Foram todas ocupadas, naturalmente, pela classe média. E ela não quer nem saber. É contra o PT e vota em Marina, que já falou em cortes e terá em sua equipe econômica um punhado de neoliberais.
Impressionante.

 

 

Como há empresários milionários "bondosos" na campanha da Marina, não é mesmo? De um lado, empresários generosos prestando favores a  político: um avião. Um grande laranjal, pagando avião fantasma, com caixa dois, para Marina viajar confortavelmente. Agora, um fazendeiro emprestando apartamento em dos bairros mais caros de São Paulo, para Marina e família. Descobriu-se que Marina Silva, quando está em São Paulo, vive, desde o início da campanha, no apartamento de um fazendeiro filiado ao DEM, com propriedades em Mato Grosso e no Pará. Também é dono de postos de gasolina, através da empresa ALFA RVM LTDA.
Um cara super “ecológico”, que se chama Carlos Henrique Ribeiro do Valle, é o dono do apartamento cedido gentilmente a Marina,  .

É mais um discurso contraditório da candidata, que sempre alardeou ser contra o agronegócio e a direita. Agora, aceita apartamento "emprestado" de fazendeiro? O que o fazendeiro demo está fazendo é investimento na campanha de Marina. A conta, vem mais tarde. De boas intenções o inferno está cheio...

Vamos ver se a imprensa terá energia para descobrir como são essas fazendas no Pará e no Mato Grosso. Seria uma triste ironia descobrir que Marina Silva mora no apartamento de um desmatador do Pantanal e da Amazônia.

 

 

Sem causa própria (Tutty Vasques)

Marina Silva não tem, decerto, nada a ver com o decreto legislativo de seu vice, deputado Beto Albuquerque, liberando a venda de moderadores de apetite proibidos pela Anvisa. Se há uma coisa que a candidata do PSB não precisa é emagrecer.


HUMOR - "Volta Serra" ganha força no PSDB

Serra topou a missão. "Estou acostumado a chegar atrasado", comemorou

HIGIENÓPOLIS - Baqueados com a queda de Aécio Neves nas pesquisas, setores do PSDB organizaram um evento para apoiar a candidatura de José Serra à Presidência. "Pelo menos, a gente dava risada com as fotos de campanha do Serra em 2010", implorou José Agripino Maia.

Em poucos minutos, uma onda azul tomou conta do partido. Hackers da juventude tucana vazaram na internet dezenas de fotos de José Serra nu. Blogueiros liberais rasparam a cabeça em sinal de apoio. Merval Pereira raspou o bigode. O roqueiro Roger, do Ultraje à Direita, cedeu os direitos da canção Terceiro para a campanha tucana e o publicitário Nizan Guanaes bolou o slogan: "Chega de polarização, eu quero diversão". Isolado, Aécio renunciou à candidatura e anunciou que disputará A Fazenda em 2015.

ELEIÇÕES 2014 - Por que Dilma?

Darei meu voto à Dilma para preservar a política externa do Brasil, soberana e independente, e aprimorar os programas sociais que, nos últimos anos, livraram da miséria 36 milhões de brasileiros(as). Embora o governo do PT tenha defeitos e contradições, não troco o conhecido pelo desconhecido. Quero um governo com política de participação social, comprometido com a agricultura familiar e a preservação da Amazônia. Louvo o Programa Mais Médicos que, graças à ação preventiva, reduz significativamente a mortalidade infantil. E voto em um governo que não criminaliza movimentos sociais, esteios da democracia.

 

Carlos Alberto Libânio Christo, o Frei Betto, nasceu em Belo Horizonte (MG) em 25 de agosto de 1944. É escritor e religioso dominicano.

 

CURIOSIDADE - Isso é que é excentricidade...

Conheça a maior casa do mundo, avaliada em US$ 1 bilhão

Se você acha que extravagância e exagero tem limites e que já viu uma casa grande o bastante, fique sabendo que a maior casa do mundo pode ultrapassar suas expectativas. A construção que ganha o título, de acordo com a Forbes, está avaliada atualmente em US$ 1 bilhão e tem nome: Antilia. 

O apelido charmoso foi dado em homenagem a uma ilha mítica no Atlântico. E a casa é um prédio com nada mais, nada menos, que 27 andares, 37 mil metros quadrados e nove elevadores. O dono dessa luxuosa mansão em Bombaim é um dos homens mais ricos da Índia, Mukesh Ambani, que mora no local com sua família.

A residência tem alguns exageros: estacionamento para 168 veículos, uma oficina mecânica, três helipontos e uma torre de controle de tráfego aéreo. Isso tudo além, é claro, de um ginásio, um estúdio de ioga, uma sala de cinema com capacidade para 50 pessoas, piscina, salões de festa e três andares de jardim interno.

SAÚDE - Ebola

 Conheça um pouco dessa terrível doença:



Escrito por Lalo às 15h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Homem, de 56 a 65 anos
Histórico
    Outros sites
      NOSSO ANTIGO BLOG - www.lalokohout.zip.net/
      PLANETA SUSTENTÁVEL - Veja como você pode ajudar
      LEI MARIA DA PENHA - Contra a agressão à mulher
      TRANSPARÊNCIA BRASIL - fique de olho nos políticos
      PATRIMÓNIO IMATERIAL - História e achados da região do Alentejo - Portugal
      SEU EDIBAR E DONA EDMUNDA - o típico casal brasileiro
      VAGOS LUMES (atual blog da Anamaria Rossi, que subsitui o antigo YO QUE SÉ) )
      KARAMINHOLAS (Blog do TõeRoberto)
      BLOG 'SÓ OUVIDOS' - da Ceresina - Variedades
      BLOG PRISMA - de Leila Dohoczki - para os amantes da poesia
      CASA DE HARMONIA - Florais, Astrologia e Tarô Alquímicos, Feng Shui
      BLOG DA GIL FAÇANHA - Publicando Sentimentos - literatura e poesia
      Revista Superinteressante - arquivos dos últimos 20 anos
      BLOG DA DEUSA MARIA - Compartilhando Vivências
      Principais jornais e revistas do Brasil
      CÂNCER DE MAMA - Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA - Ajude com seu clique
      Portal dos Parques Nacionais Brasileiros
    Votação
      Dê uma nota para meu blog