Blog do Lalo


MÚSICA - Jorge Ben Jor, Mano Brown, Anelis Assumpção, Céu e Thalma de Freitas

A MÚSICA DO DIA

Veja o clipe oficial de "Umbabarauma", regravação do clássico "Ponta de Lança Africano (Umbabarauma)", do disco "África Brasil" (1976), com Jorge Ben Jor e Mano Brown, vocais de apoio de Anelis Assumpção, Céu e Thalma de Freitas, e instrumental por Duani Martins, Gustavo Da Lua e Pupillo:


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

CORRUPÇÃO - Mais nomes aparecem, PORÉM SEM DESTAQUE NA GRANDE IMPRENSA 

Reportagem dos jornalistas Ricardo Brandt, Ricardo Chapola e Fausto Macedo, do Estado de S. Paulo revela uma planilha apreendida pela Polícia Federal na sede da Camargo Corrêa, com nomes de diversos políticos, que, aparentemente, receberam contribuições da empreiteira.

O nome de José Serra, senador eleito pelo PSDB, aparece ao lado de uma anotação que indica R$ 1 milhão. Já o do vice-presidente Michel Temer, do PMDB, aparece ao lado de duas anotações de US$ 40 mil. O senador Aécio Neves (PSDB-MG) está na lista, mas sem a indicação de valores.

Por meio de sua assessoria de imprensa, Temer negou qualquer vínculo com a empreiteira e disse ainda que nunca recebeu recursos da Camargo Corrêa “a qualquer título”.

Na mesma tabela, constam nomes de outros deputados, senadores e prefeitos, de praticamente todos os partidos políticos. Confira o documento CLICANDO AQUI.

JUDICIÁRIO (1) - Eles podem tudo?

Juiz perde voo e dá voz de prisão a funcionários da TAM - DIEGO EMIR (especial para O Estado S. Paulo)

Funcionários da companhia aérea TAM - que trabalham no aeroporto de Imperatriz (MA) - receberam voz de prisão dada pelo juiz Marcelo Baldochi, titular da comarca de Senador La Rocque (MA), e foram conduzidos ao Plantão da Polícia Civil na cidade. O fato ocorreu no último sábado, 6, após o magistrado ter sido informado que não poderia embarcar na aeronave com destino a São Paulo, pois a chamada tinha sido encerrada e a porta de embarque estava fechada cerca de sete minutos antes da sua chegada.

Inconformado com a situação, Marcelo Baldochi disse a um funcionário da empresa aérea que estava ocorrendo um desrespeito ao direito do consumidor. De acordo com uma testemunha que presenciou o ocorrido no local, o juiz chegou a entrar na área de embarque e deu voz de prisão ao funcionário, convocando um policial militar que estava no aeroporto para conduzi-lo até a delegacia. Diante deste fato, outros funcionários da TAM tentaram intervir e acabaram recebendo voz de prisão também, totalizando assim três atendentes conduzidos ao Plantão da Polícia Civil.

Dois anos antes dessa ocorrência o juiz Marcelo Baldochi negou um pedido de indenização feito por um cliente de uma companhia aérea que passou por situação semelhante no mesmo aeroporto. Em sentença proferida no dia 3 de dezembro de 2012, ele negou pedido de um consumidor da cidade de Senador La Rocque -- onde era titular da comarca -- que enfrentou situação idêntica à dele e foi impedido de viajar pela companhia aérea Gol.

"Percebe-se que o autor chegou ao aeroporto para realizar o check in meia hora antes do embarque, nota-se que as companhias recomendam a chegada com antecedência mínima de uma hora para realização do check in e trinta minutos de antecedência para o comparecimento no portão de embarque. Era ônus, pois, do autor, comparecer ao portão de embarque com trinta minutos de antecedência e não chegar ao aeroporto, pois, da chegada ao portão de embarque presume-se já feito o check in. Razões pelas quais tomo por sua exclusiva culpa a responsabilidade pelo fato causado", diz decisão publicada no Diário Eletrônico da Justiça no dia 7 de dezembro de 2012.

************************************

POR Leonardo Sakamoto, em seu blog:

Em 2007 um grupo móvel de fiscalização, coordenado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, resgatou 25 escravos da fazenda Pôr-do-Sol, no município de Açailândia (MA), de propriedade do juiz Marcelo Baldochi. Entre eles, havia um adolescente de 15 anos. Os trabalhadores faziam a derrubada da mata e o roço do pasto para o gado, com exceção de duas mulheres, que cozinhavam para o grupo.

De acordo com o relatório, o grupo de fiscalização chegou ao local após denúncia de um fugitivo. O isolamento geográfico, a retenção de salários e a existência de dívida ilegal caracterizaram a situação encontrada como trabalho escravo. Na cantina, os trabalhadores contraíam dívidas com artigos alimentícios e equipamentos de proteção individual, como botas e luvas. As condições de alojamento eram degradantes e insalubres.

Até agora, Marcelo não foi punido criminalmente e o Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão chegou a cancelar uma indenização concedida a um dos trabalhadores escravizados em uma das fazendas. O juiz também foi inserido na “lista suja do trabalho escravo'', cadastro do governo federal que relaciona os que foram flagrados usando esse tipo de mão de obra e que é usado como referência de bancos e empresas para cortar negócios, em dezembro de 2008. Mas saiu devido a uma liminar judicial em junho de 2009 – 18 meses antes do prazo regulamentar.

Através de sua atuação como magistrado, ele também interferiu em um julgamento de outro produtor, Miguel de Souza Rezende – que já foi flagrado mais de uma vez usando trabalho análogo ao de escravo em suas propriedades de gado no Maranhão. A ação do juiz, de autorizar a mudança de esfera para o julgamento desse réu, foi vista pela sociedade civil e pelo Ministério Público como danosa ao processo. Pois, com a consequente extensão do prazo, poderia contribuir com a prescrição do crime.

Enfim, em 2011, uma nova operação guiada por denúncias de trabalhadores resultou no resgate de quatro pessoas em condições análogas às de escravos na fazenda Vale do Ipanema, em Bom Jardim (MA), onde Marcelo Baldochi criava gado.

HUMOR - O antropólogo e o helicótero

Um antropólogo vai visitar uma aldeia no meio da floresta Amazônica.
— Como você chegou até aqui? — pergunta uma índia curiosa.
— Eu vim de helicóptero!
— Helicóptero? O que é isso?
Ele tenta explicar de uma maneira bem simples:
— É um negócio que levanta sozinho...
— Ah! Eu sei... Meu marido tem um helicóptero enorme!

JUDICIÁRIO (2) - O  juiz, o prefeito tucano e o doleiro de sempre

Por Miguel do Rosário, no blog O Cafezinho

Antes, um aviso: Longe de mim acusar o juiz Sergio Moro de qualquer coisa. Não sou louco nem leviano.

Imagino que ele deva ser um magistrado sério e honesto. Assim como sua esposa também deve ser uma advogada proba e íntegra. Só que fica cada vez mais difícil acreditar em sua imparcialidade. Depois de descobrir que sua esposa é advogada do PSDB e da Shell, agora ficamos sabendo que o próprio Sergio Moro, ainda estagiário, também trabalhou para o partido.

Essa República do Paraná é mesmo uma grande família. Ao final dos anos 90, ainda na era tucana, um prefeito do PSDB, Jairo Gianoto, roubava como se não houvesse amanhã. Foi condenado diversas vezes. Ele e sua equipe. Até o tributarista do prefeito, o dr. Irivaldo Joaquim de Souza, foi preso. Adivinha quem era o doleiro usado pelo prefeito tucano para lavar o dinheiro desviado, calculado em mais de meio bilhão de reais pela justiça?

Sim, ele mesmo, o doleiro Alberto Youssef, que hoje delata o PT na operação Lava Jato, comandada pelo juiz Sergio Moro.

Youssef, um homem doente e com um passado de crimes, vive numa espécie de Guantanamo tupiniquim, rodeado de delegados, promotores e um juiz tucanos. Eles só lhe dão esperanças de liberdade se delatar o PT. A mesma situação de Paulo Roberto Costa, cuja família inteira foi torturada psicologicamente pela República do Paraná. Ambos, Youssef e Costa,  são bandidos manipulados e ameaçados pelos carcereiros da Guantanamo paranaense. E pela mídia, claro.

Ah, adivinha quem era estagiário na firma do dr. Irivaldo Joaquim de Souza, o tributarista cúmplice do prefeito tucano?

Sim, ele mesmo, o juiz Sergio Moro. Um estagiário agradecido, que chegou inclusive a ser testemunha de defesa do Dr. Souza, quando este foi preso por crimes associados à corrupção da prefeitura do PSDB.

Outro nome envolvido até o pescoço nas tretas tucanas do Paraná é o senador Alvaro Dias, outro Catão da mídia. O Brasil é ou não é uma maravilha?

À diferença da Veja, cujas matérias ficcionais vem embasadas em fontes anônimas e delação de bandidos, aqui a gente mostra as provas. CLIQUE AQUI para ver os documentos e saber mais detalhes da história. 

HUMOR - Solução simples

O cliente queria abrir a garrafa de vinho, e a garçonete estava com as mãos ocupadas...



Escrito por Lalo às 20h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÚSICA - Elino Julião

A MÚSICA DO DIA

Elino Julião nasceu em Timbaúba dos Batistas (RN) em 13 de novembro de 1936. Ainda pequeno, costumava sair da fazenda on de nasceu descalço e a pé, rompendo 18 km de caatinga para bater a famosa " peladinha " em frente à Igreja de Sant`Ana, na cidade de Caicó, e articular-se, claro, para cantar na sede do Caicó Esporte Clube no domingo à tarde. Cantar para o garoto já era êxtase. Nos anos 50 foi para a capital, Natal, e logo garantiu seu espaço para cantar no Programa Domingo Alegre da Rádio Poti, junto ao radialista Genar Wanderley, e no animado Forró da Coréia, que o inspirou a compor um dos seus grandes sucessos: "O Forro da Coréia". Menino esperto, trouxe no sangue as raízes do autêntico "forró pé de serra" do sertão nordestino, registrou e divulgou com originalidade e alegria a cultura e as tradições dos folguedos populares nordestinos por mais de 4 décadas. Faleceu em sua cidade natal em 20 de maio de 2006. Hoje você ouve Elino Julião cantando, de sua autoria, a música "Na Minha Rede Não":


Há os seios normais ( . )( . ), os com silicone ( + )( + ), os seios perfeitos (o)(o). Alguns estão com frio (^)(^), outros são da vovó ././ E não se esqueça dos grandões (o Y o), dos bem pequenos (.)(.), nem dos assimétricos (•)(.) Diga ┌П┐(_)┌П┐ ao câncer de mama! Mulher, faça o auto-exame tocando seus seios e vá regularmente ao médico! Preserve sua vida!

Já fez seu clique de hoje? CLIQUE AQUI e depois clique na tecla cor-de-rosa do seu lado esquerdo, que diz 'Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA'.

HUMOR - Natal chegando...

... e cada um se defende como pode!

POLÍTICA (1) - Saiu no New York Times

O estapafúrdio aumento que o Congresso quer dar para si mesmo

A presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, indicou uma nova equipe econômica liderada por Joaquim Levy, banqueiro que estudou na Universidade de Chicago e é apelidado de “mãos de tesoura” por sua prontidão em cortar os gastos públicos. Como é que o Congresso do Brasil reagiu a essa mudança? Correndo para conceder-se um aumento de salário gritante.

Aproveitando um momento geralmente sonolento no Brasil, quando muitas pessoas estão se preparando para encerrar o ano e sair de férias durante o verão do hemisfério sul, os líderes do Congresso na capital, Brasília, estão aprovando uma lei para aumentar seus próprios salários, em até 34%, para cerca de US$ 187 mil (R$ 470 mil) por ano.

“Temos que ter um aumento”, disse aos jornalistas Henrique Eduardo Alves, deputado federal pelo Estado do Rio Grande do Norte, que é o presidente da câmara. “É constitucional. O último aumento foi há quatro anos”.

Além de esbanjar no pagamento de salários a um Congresso que já está entre os mais bem recompensados do mundo, o aumento deve colocar em movimento o que os economistas aqui chamam de “efeito dominó” de aumentos em toda vasta burocracia pública do Brasil, para os juízes do Tribunal Superior e membros de legislativos estaduais.

O aumento iria catapultar a remuneração base dos parlamentares brasileiros que ultrapassará a de seus colegas nos Estados Unidos, cujo salário é de cerca de US$ 174 mil por ano, e ameaça alimentar o ressentimento contra o caro estilo de vida de Brasília.

Uma pesquisa de opinião pública deste ano publicada pelo Datafolha mostrou que o nível de aprovação do Congresso do Brasil é de apenas 14%, com 20 % dos entrevistados dizendo que o governo deveria ter o direito de fechar o Congresso.


HUMOR - Negócios de família

Manuel tem uma enorme fábrica de salsichas. Seu filho, Joaquinzinho, 10 anos de idade, um dia herdaria os negócios do pai, e Manuel resolveu explicar-lhe como funcionava uma das máquinas da sua indústria:
— Ó pá, filho, prestes atenção: esta cá uma máquina de fazer salsichas. Vou mostrar-te como ela funciona.
Manuel colocou um burro vivo de um lado da máquina e puxou uma alavanca. Eles esperaram por alguns minutos e centenas de salsichas sairam do outro lado. Joaquinzinho olhou, perplexo, pensou, e disse:
— Ora pois, papá, não entendi nada!
Manuel repetiu a operação, e a resposta foi a mesma:
— Nossa pai... Não entendi nada!
E por mais que o português se esforçasse o menino não compreendia. Muito confuso, Joaquinzinho perguntou:
— Escuta, ó pai, não existe nenhuma máquina onde se ponha uma salsicha de um lado e saia um burro vivo do outro?
Manuel, perdendo a paciência, olhou para o filho e desabafou:
— Tem sim, ó Joaq
uinzinho... A tua mãe!

POLÍTICA (2) - Para o PSDB tudo vale

Casa de Alvaro Dias invade área de preservação ambiental em praia de SC

Guilherme Balza e Vinícius Segalla do UOL, em São Paulo

Um imóvel em construção do senador Alvaro Dias (PSDB-PR) na praia do Estaleirinho, em Balneário Camboriú (80 km de Florianópolis), invadiu uma Área de Preservação Permanente (APP) -- que pertence à União -- e destruiu vegetação nativa, conforme aponta relatório produzido por um órgão da Secretaria de Segurança e Defesa Social do município.

Os dois terrenos da propriedade possuem, juntos, 508 m² e ficam de frente para a praia. O imóvel está registrado em nome da CAD Trade e Empreendimentos Ltda., empresa de propriedade de Alvaro Dias e familiares.

A Semam (Secretaria do Meio Ambiente de Balneário Camboriú) autorizou os proprietários a cortar dez árvores nativas que estavam dentro dos terrenos, mas a destruição da mata foi além do permitido, de acordo com as vistorias realizadas.

Segundo relatório do Cuida (Departamento de Contenção de Ocupação Irregular e Degradação Ambiental), órgão da Secretaria de Segurança e Defesa Social, o aterro dos dois terrenos da obra extrapolou a propriedade, invadiu 25 m² de área de restinga, destruiu a mata nativa e não respeitou o recuo legal estabelecido no Código Florestal.

As investigações começaram em 13 de dezembro de 2013, após o Ministério Público de Santa Catarina ter recebido uma denúncia anônima das supostas irregularidades. Mais de oito meses depois, em 18 de agosto deste ano, houve a vistoria in loco do Cuida, que constatou a invasão da restinga. Na última sexta-feira (5), técnicos de setor de fiscalização da Semam retornaram ao local e confirmaram as irregularidades.

O senador BOTOX -- como Álvaro Dias é mais conhecido entre os seus pares -- talvez pense que o mandato político possa lhe garantir o desrespeito às leis ambientais. Esteve afastado do Congresso nos últimos meses, e hoje retornou à tribuna do Senado dizendo que sua ausência deveu-se à sua participação nas eleições. Mas elas terminaram (para os candiatos ao Senado) há mais de 2 meses. O que terá feito nosso nobre parlamentar nesse período, em que foi remunerado com o NOSSO dinheiro? Será que estava tentando apagar vestígios de sua participação na Operação Lava Jato, aquela mesma patrocinada pelo criminoso Alberto Youssef, que teve Álvaro Dias como um dos companheiros de voo nos seus jatinhos particulares ?

 

HUMOR - Concentração

O pagode rola solto na concentração, antes do jogo. Veja a reportagem jonalística:

Tá explicado o 7 x 1 contra a Alemanha, né nao?



Escrito por Lalo às 16h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Homem, de 56 a 65 anos
Histórico
    Outros sites
      NOSSO ANTIGO BLOG - www.lalokohout.zip.net/
      PLANETA SUSTENTÁVEL - Veja como você pode ajudar
      LEI MARIA DA PENHA - Contra a agressão à mulher
      TRANSPARÊNCIA BRASIL - fique de olho nos políticos
      PATRIMÓNIO IMATERIAL - História e achados da região do Alentejo - Portugal
      SEU EDIBAR E DONA EDMUNDA - o típico casal brasileiro
      VAGOS LUMES (atual blog da Anamaria Rossi, que subsitui o antigo YO QUE SÉ) )
      KARAMINHOLAS (Blog do TõeRoberto)
      BLOG 'SÓ OUVIDOS' - da Ceresina - Variedades
      BLOG PRISMA - de Leila Dohoczki - para os amantes da poesia
      CASA DE HARMONIA - Florais, Astrologia e Tarô Alquímicos, Feng Shui
      BLOG DA GIL FAÇANHA - Publicando Sentimentos - literatura e poesia
      Revista Superinteressante - arquivos dos últimos 20 anos
      BLOG DA DEUSA MARIA - Compartilhando Vivências
      Principais jornais e revistas do Brasil
      CÂNCER DE MAMA - Campanha da Mamografia DIGITAL GRATUITA - Ajude com seu clique
      Portal dos Parques Nacionais Brasileiros
    Votação
      Dê uma nota para meu blog